O nome dele é Gabriel

A carreira, o sucesso com "Jenifer" e o acidente do cantor que morreu aos 28 anos

Rodolfo Vicentini Do UOL, em São Paulo
Divulgação
Divulgação Divulgação

Morte no auge da carreira

Gabriel Diniz fez mais sucesso do que qualquer outro artista brasileiro em 2019. O auge da carreira do cantor foi em janeiro, quando "Jenifer" já estava sendo cantarolada pelas pessoas na rua e o Carnaval estava perto de acontecer.

O sucesso repentino para o grande público foi tão surpreendente quanto o acidente que chocou seus fãs. O artista de 28 anos morreu após a aeronave em que estava cair em Estância, a 66 km de Aracaju.

O cantor tinha como marca as músicas alegres e o bom humor, mas sempre com um lado romântico. Em "Paraquedas", ele versa sobre pousar no abraço de sua amada, assim como em "Safadezinha", seu hit mais recente, que promete momentos quentes até para "acordar a vizinha".

Com "Jenifer", Gabriel foi esperto em juntar no mesmo balaio um ritmo pegado, bordão chiclete e o Tinder, o aplicativo de relacionamento mais popular do momento. A fórmula não tinha como dar errado e, quando foi lançada, caiu perfeitamente no clima de pegação do verão.

Lançada em setembro de 2018, a canção foi adotada como hit do Réveillon e Gabriel viu seu nome crescer de popularidade. Se o sucesso foi rápido no Nordeste, ele demorou alguns meses para chegar às rádios do Sudeste. Mas assim que chegou não tinha ninguém para segurá-lo.

"Jenifer" entrou em listas das mais tocadas nos streaming em diversos países. No Brasil, a música já foi executada mais de 60 milhões de vezes no Spotify e seu clipe conta com mais de 260 milhões de visualizações.

Divulgação Divulgação

A caminhada ao sucesso

Nascido em 18 de outubro de 1990 em Campo Grande (MS), José Gabriel de Souza Diniz foi criado em João Pessoa (PB) e começou sua carreira ainda adolescente, quando formou uma "banda de garagem" com os amigos da escola.

GD, como era conhecido, foi caminhando e aos poucos começou a crescer. Cantou no Capim, Forró na Farra e depois conseguiu entrar para a banda Cavaleiros do Forró, fazendo sucesso no circuito universitário.

Gabriel Diniz se dividia entre a música e os estudos, e cursou faculdade de engenharia elétrica antes de decidir entrar de vez na carreira de cantor. Após ganhar experiência pela estrada, o projeto solo "GD Verão" foi lançado em 2016 e não demorou para chamar atenção de outros artistas.

Fez parceria com Israel Novaes, Wesley Safadão, Gusttavo Lima, Léo Santana, Alinne Rosa, Jorge e Mateus e Cristiano Araújo. Porém, o sucesso no Brasil (e no mundo) veio com o hit "Jenifer", que virou a música do Carnaval 2019.

Após rodar o país fazendo shows e ser responsável pelo refrão mais pegajoso do último verão, o músico aproveitou o sucesso e seguiu fazendo mais shows. O último projeto foi "GD à Vontade", lançado em fevereiro deste ano.

O cantor ficou conhecido por incorporar no forró eletrônico -- gênero no qual começou sua carreira -- pitadas de sertanejo com bom humor e alto astral. Ao mesmo tempo, ele também gostava de mostrar o seu lado mais sentimental, como em "Aquilo Que Nunca Me Deu".

"É romântico, tem muita música falando de amor, de relacionamento, de volta por cima. É disso que a gente gosta também", analisou o cantor em janeiro.

Não sou um artista de uma música só. Já tenho uma história antes e vou mostrar que tenho uma história depois.

Gabriel Diniz

Os hits de Gabriel Diniz

Eu encontrei ela no Tinder

Jenifer foi o nome mais falado do último verão e do Carnaval 2019. A menina do Tinder foi sucesso nas rádios, no streaming, chegou à televisão, foi ouvida cantada a plenos pulmões por quem se divertia nas ruas e colocou o nome de Gabriel Diniz como um dos artistas mais requisitados do Brasil.

"Entrou em um clima de brincadeira, de festa. Não é só mais uma música. Virou uma coisa alegre e contagiante", analisou o forrozeiro ao UOL, em entrevista realizada em janeiro.

Muito mais do que ser apenas um refrão pegajoso, Jenifer ganhou a internet, rendeu memes e brincadeiras. O curioso é que a música não foi feita originalmente para ele. Composta pelo grupo Big Jhows, o tema seria para Gusttavo Lima, mas Gabriel conseguiu comprar a exclusividade pela música.

"Jenifer" foi lançada em setembro de 2018 e até o final do ano já tinha se espalhado. No Spotify, Gabriel superou o recorde de semanas da música "Atrasadinha", parceria do sertanejo Felipe Araújo com o pagodeiro Ferrugem, e botou sua "Jenifer" no primeiro lugar das mais ouvidas no Brasil.

A música ainda apareceu entre as mais tocadas do mundo na lista de virais.

O clipe da divertida canção foi estrelado por Mariana Xavier, e tinha ainda a participação da ex-BBB Aline Gotschalg, uma ex inconformada com a garota do aplicativo. No YouTube, o vídeo conta com mais de 238 milhões de visualizações.

Famosos também entraram na brincadeira. Depois de zoar com o nome da música, o humorista Whindersson Nunes reproduziu o meme do cérebro. De olho nos hits do Brasil, o DJ e produtor americano Diplo transformou Anitta em Jenifer.

E até o padre Fábio de Melo perguntou quem era a moça. "Padre, nem queira saber. Já separou meia dúzia de casais", respondeu um dos seguidores.

Reprodução/Instagram Reprodução/Instagram

24 horas antes do acidente

Entre muitas piadas e sorrisos, Gabriel Diniz postou imagens de seu último show um dia antes de sofrer o acidente.

Seu post de stories mais antigo, antes da queda, mostrou a vista do interior de um avião, em que era possível notar a hélice funcionando. Era sua viagem a Feira de Santana, onde ele cantou na noite de domingo.

Em seus stories, Gabriel Diniz fazia muitas piadas com seus companheiros de trabalho. Com uma regata cheia de brilhos e um par de óculos escuros com aros brancos, brincou: "Vou andar agora com dois carros: um para mim, e um para a minha beleza."

Nas últimas três a quatro horas antes do acidente, Gabriel compartilhou vídeos em que dizia estar fazendo ozonoterapia, um método que promete aumentar a quantidade de oxigênio no corpo introduzindo ozônio.

Pouco depois, no penúltimo post - mas o último em que aparece -, ele zoa, enquanto é medicado: "Não brinca com o furico de ninguém não, viu. Ó o sorinho. Pra hidratar, meu amigo, não tem condições, não. Tô igual gente velha, se acabando pelo fundo", conta ele, com um acesso no braço.

O último post no stories de seu Instagram mostrou uma barbearia, onde uma de suas músicas tocava.

ler mais

Veja os últimos vídeos de Gabriel Diniz antes de acidente fatal

Divulgação Divulgação

Acidente

O avião em que Gabriel Diniz e dois pilotos estavam caiu na divisa da Bahia com Sergipe por volta de meio-dia da segunda-feira, 27 de maio de 2019. O cantor havia feito um show na noite de domingo em Feira de Santana, na Bahia, e partiu de um voo de Salvador com destino a Maceió.

A aeronave que caiu não tinha autorização para fazer táxi aéreo. Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o avião poderia apenas fazer voos de instrução. Tanto a inspeção mecânica do monomotor quanto o Certificado de Aeronavegabilidade (ou seja, autorização para voar) estavam vigentes.

Repercussão

Famosos, amigos e familiares se despedem de Gabriel Diniz

É assim que vamos sempre lembrar do GD. Do seu sorriso, da sua alegria e do seu jeito especial de ser. Neste momento muito difícil para todos nós, peço orações para que Deus conforte o coração dos familiares do Gabriel e dos tripulantes. Como está sendo difícil escrever isso, perdi um amigo de muitos anos, um irmão, um cara que acompanhei de perto. Vi crescer como pessoa e profissional, e se tornar realidade. Sempre alegre, pra ele não tinha tempo ruim. Gostava de ser diferente, conseguiu se tornar um artista de muita personalidade. Estava atingindo todos os seus objetivos e correndo atrás dos seus sonhos. Tão jovem e com tanto talento, estava vivendo um momento incrível na sua carreira. Com muito esforço e trabalho fez a sua música ser conhecida no Brasil inteiro. Momentos difíceis como esse nos fazem refletir sobre o quanto a vida é frágil, o quanto estamos fazendo verdadeiramente cada dia valer a pena, por isso "Ame HOJE, Perdoe HOJE, Celebre as pessoas HOJE, Seja grato HOJE..." Vamos viver o que realmente importa, ninguém sabe o dia de amanhã. Descanse em paz, Gabriel. Ainda sem acreditar.

Uma publicação compartilhada por Wesley Safadão (@wesleysafadao) em

Eu vivo dizendo que a vida é uma montanha-russa de emoções. Hoje a sensação que tenho é de que estou descendo sem freio uma curva radical demais... ????????????????????? Dormi celebrando a vida, acordei com a notícia do acidente desse jovem talento no auge de um sucesso que ele generosamente compartilhou comigo. Enquanto foi possível, alimentei a esperança de que tivesse sido só um susto. Infelizmente não foi. ????????????????????? Tô há algumas horas paralisada tentando assimilar o golpe e recebendo à distância os abraços dos amigos. Choro, paro. Choro, paro. Mil coisas passam pela cabeça. Foi ele, mas poderia ter sido eu. Poderia ter sido você. O que fica, da forma mais dolorida possível, é o ensinamento de que a vida é um sopro e nossa única certeza é de que precisamos ser o melhor que pudermos HOJE. ????????????????????? Mas peço licença à tristeza, porque é desse clima da foto que quero lembrar. Do riso, da irreverência, da alegria que ele espalhava e que nunca será esquecida. ????????????????????? @gabrieldiniz era um SOL. E o sol, quando se apaga pra gente, é porque foi brilhar em outro lugar. ?? ?????????????????? ????????????????????? #gabrieldiniz #ripgabrieldiniz #jenifer #marianaxavie

Uma publicação compartilhada por Mariana Xavier (@marianaxavieroficial) em

Curtiu? Compartilhe.

Topo