Topo

Entretenimento


Veja os projetos mais ousados para reconstruir a catedral de Notre-Dame

Instagram/Fuksas
Escritório Fuksas adotaria cristais Baccarat, para simbolizar "fragilidade da história e espiritualidade" Imagem: Instagram/Fuksas

2019-05-03T19:07:51

03/05/2019 19h07

Desde que o presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou um concurso internacional para escolher o projeto de reconstrução da catedral Notre-Dame de Paris, os maiores escritórios de arquitetura do mundo se lançam com as ideias mais ousadas para substituir o telhado e a agulha destruídos pelo incêndio.

Alguns mantêm os traços da estrutura original, mas inovam nos materiais. Outros dão asas à imaginação e veem na ocasião a oportunidade de introduzir profundas modificações.

É o caso da proposta dos jardins suspensos apresentada pelo NAB Studio, de Paris, focada na agricultura urbana. As jardineiras seriam feitas com os restos da madeira queimada no incêndio, onde brotariam plantas e flores, e também frutas e legumes.

NAB Studio
Jardins suspensos apresentada pelo NAB Studio, de Paris, focam na agricultura urbana Imagem: NAB Studio

Já a agulha abrigaria colmeias de abelhas --retomando um projeto que já existia sob o antigo telhado. "Uma catedral da sua época, voltada para o futuro e representando os desafios do nosso tempo", diz o projeto.

NAB Studio
A agulha desenhada pela NAB Studio abrigaria colmeias de abelhas Imagem: NAB Studio

Outro francês, o arquiteto Mathieu Lehanneur, considera que na discussão entre o moderno e o antigo, o melhor é congelar o momento do incêndio. No lugar da agulha, ele imaginou uma imensa flama de metal, enquanto o telhado seria reconstruído em vidro.

O vidro aparece na maioria dos projetos contemporâneos divulgados até agora. O russo Alexander Nerovnya imaginou uma reconstituição do projeto original - com a diferença que o telhado não seria mais de chumbo. A agulha, por sua vez, parece idêntica à planejada por Viollet Le Duc no século 19.

Friends. After analyzing the previous publications, we conclude. When the architectural competition for the reconstruction of Notre Dame takes place, the roof will be glass. The interior, as it should be in the Gothic Cathedral will be dark. The stained glass Windows weren't damaged. Thank you for your activity. Let's preserve and improve a story together. Paris is waiting for a new diamond, designed to emphasize the millennial beauty. by @alex_nerovnya. @architecture_hunter @allofrenders @allofarchitecture @designboom @arqsketch @renderlovers @morpholio @adesignersmind @tentree @archdose @norge @autodesk @coronarenderer @houses @buildingswow @onlyforluxury @epicworldpix @render.vis_realestate @highclass_homes @renderbox.magazine @archdaily @canonru @instarender @d.signers @architecturedose @archdigest @next_top_architects @boss_homes @architect_need @artsytecture @restless.arch @archilovers @wacommunity @architectureoskar @render_contest @vogueliving @modern.architect @architecturenow @locarl @globalspaces @wildernessnation @awesomelife.style @timeouthomes @modernhepcat @haroldmag @theprotraveler @creativefields @travelerstodolist @living_hotels @dreamlixurytraveler @venture_easy @mowellens @camplifecoffee @architectureinteriors @archlook.ir @folksouls @trawelawesome @travacs @designwanted @hezzahtrawel @amazingtravelof @nature.tome @kings_shots @aframefever @worldstip @bocadolobo @piclab @effects @exceptional_pictures @the.beachman.life @natgeoit @igworld_global @pietrogiovannigamba @ourplanetdaily @norgerundt @travelses @fancy.homes @mimaribilgiler @architectanddesign @outside_project @openairarchitecture @interiorselfie @myluxguide @pclimd @studioantonini @_archidesignhome_. #notredamedeparis#notredame#paris#france#notredameparis #3dsmax #3d #photoshopcc #Photoshop#archviz#norway#norge#stavanger#stavangerøst#render#corona#coronarenderer#renderlegion#architecture#design#allofrenders#allofarchitecture#cg#cgartist#cgwork#cgworld#marhi

Uma publicação compartilhada por Alexander Nerovnya (@alex_nerovnya) em

Semelhante, o projeto dos franceses Godat & Roussel propõe um telhado envidraçado, sob o qual os visitantes poderiam passear e admirar a vista de Paris. A agulha deles se inspira na original, porém seria de vidro e cobre.

NAB Studio
Godat & Roussel propõe um telhado envidraçado, sob o qual os visitantes poderiam passear e admirar a vista de Paris Imagem: NAB Studio

Entre tantas propostas, há também de brasileiros. O escritório Aj6 Studio, de São Paulo, retoma uma das principais atrações da catedral, os vitrais --e os espalha por todo o telhado. O desenho da cobertura e da agulha seriam idênticos aos originais. O arquiteto Alexandre Fantozzi, que apresentou o projeto no Instagram, defende a restauração, e não a recriação do monumento.

PROJECT DIVINE WREATH (name by @yuriytitarev )"Our proposal for the restoration of the Notre Dame Cathedral is to use one element that it has the best, the stained glass. Make all the cover in stained glass, including the tower, with transparency to the inner side, through the opening of the vaults, leaving only the structures flying buttresses. In Gothic there is the connection of the earth to the sky, and inside the Cathedral, the natural illumination multiplies in colors through the filter of the cover in stained glass. At night the inner illumination turns into a grandiose retro backlit coverage. A single element used, stained glass. No new architectural features, no intervention elements (redesign), no ego, no artistic aspirations. Only a religious purpose! Whatever the choice of this restoration, may God enlighten the "Notre Dame", preferably in a stained glass cover Amen." Alexandre Fantozzi is not intervention, "redesign", is restoration! It is not competition of better 3d render, it is only idea of restoration project @notredamedeparis @pontifex_es @alexandre_fantozzi @carvalho.juf @aj6studio @morpholio @architizer @adesignersmind @architecture_hunter @designboom @wallpapermag @archdaily @archdailybr @archdigest @architectanddesign @architecturenow @arch.design.daily @archello @notredame @saintgobaingroup @saintgobainbrasil @saintgobainglassbrasil @lilysafra @editoramonolito @carolinedemaigret @antoniospadaro @parisfutur @wazou_75 @seemyparis @vivreparis @labnf @vogueparis @glamurama @joycepascowitch @gnt @ad_magazine @thecoolhunter_ @time @babaktafreshi @designmilk @artbasel @artsytecture @instadaconexao @fernandoguerra @parisenespanol #notredame #notredameparis #paris #france #aj6 #aj6studio #morewithless #maiscommenos #vitral #stainedglass #vitrail #arquitetura #architecture #architettura #saintgobain #saintgobainbr #glass #verre #lilysafra #restauration #notredesign #restoration #fantozzi #alexandrefantozzi #design #designer #iluminationdesign #stainedglasswindows #manhattanconexion #divinewreath

Uma publicação compartilhada por Alexandre Fantozzi (@alexandre_fantozzi) em

Os vitrais poderiam ser iluminados à noite, gerando um efeito de "grandiosidade", conforme explicou Fantozzi. "No gótico, há a conexão entre a Terra e o céu, e dentro da catedral, a iluminação natural se multiplica em cores através do filtro do telhado de vitrais."

Já os italianos Massimiliano e Doriana Fuksas adotariam cristais Baccarat, para simbolizar " fragilidade da história e espiritualidade". A estrutura também poderia ser iluminada à noite. Para eles, a "luz representa a imaterialidade" da catedral parisiense.

Shortcut/Instagram
Agência parisiense Shortcut opta por substituir toda a estrutura por canhões de luz em direção ao céu Imagem: Shortcut/Instagram

E quem disse que a exuberância do novo telhado precisa ser material? A agência parisiense de eventos de luxo Shortcut, especializada em espetáculos luminosos, opta por substituir toda a estrutura por canhões de luz em direção ao céu, com destaque para a agulha em versão luminosa.

O projeto já foi apresentado à prefeitura de Paris e se enquadra na convicção de alguns arquitetos, historiadores e especialistas em patrimônio de que o incêndio faz parte da história da catedral - portanto, ela não deve ser reconstruída.

A exemplo de Fantozzi, o escritório eslovaco Vizum Atelier também retoma as intenções dos góticos de chegar aos céus. Os arquitetos desenharam uma agulha leve, que projeta luz até além das nuvens. "Le Duc tentou isso no século 19 e chegou perto. Agora, é possível acontecer", explicou.

Mais Entretenimento