Topo

Filmes e séries


Frozen 2 contagia lapões do norte da Europa por se inspirar em sua cultura

Pôster de "Frozen 2" - Divulgação
Pôster de "Frozen 2" Imagem: Divulgação

Oslo (Noruega)

29/11/2019 12h56

A sequência de "Frozen", musical de animação de grande sucesso da Disney, está sendo recebida com entusiasmo pelos lapões nativos do norte da Europa, em cuja cultura o filme se inspirou.

"Frozen 2" estreou nos cinemas dos Estados Unidos no dia 22 de novembro e aos poucos está sendo lançado em todo o mundo. Ele arrecadou 350 milhões de dólares em seu final de semana de lançamento, o que fez dele "a maior estreia da história da Walt Disney Animation (não incluindo a Pixar)", de acordo com a Variety, revista especializada em Hollywood. A atração chega à Noruega no dia de Natal.

A Noruega inspirou muitos elementos do primeiro "Frozen", como o vestido da personagem Anna e a arquitetura do reino fictício de Arendelle.

O segundo filme é influenciado pela cultura dos lapões, uma minoria indígena que vive na Noruega, Suécia, Finlândia e norte da Rússia e que já enfrentou discriminação contra sua língua e cultura.

Uma comissão da verdade e da reconciliação criada pelo governo norueguês está investigando a discriminação perpetrada contra minorias, inclusive os lapões e os povos kven.

"Estou planejando ver o filme de novo com toda a família", disse Aili Keskitalo, presidente do Parlamento consultivo dos lapões na Noruega, que compareceu à pré-estréia do desenho em Los Angeles com sua filha de 11 anos e escolheu uma cena do filme para ilustrar seu perfil no Facebook.

Em "Frozen 2", Anna e a irmã, Elsa, vão ao norte de Arendelle para desvendar um mistério, e conhecem os Northuldra, que vivem próximos das renas —a criação de renas é uma atividade tradicional dos lapões.

Filmes e séries