Topo

Obama, Stevie Wonder e Snoop Dogg prestam homenagem ao rapper Nipsey Hussle

Rapper Nipsey Hussle é homenageado em frente ao Staples Center, em Los Angeles, onde aconteceu seu funeral - Patrick T. Fallon/Reuters
Rapper Nipsey Hussle é homenageado em frente ao Staples Center, em Los Angeles, onde aconteceu seu funeral Imagem: Patrick T. Fallon/Reuters

Jill Serjeant

De Los Angeles

11/04/2019 20h01

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama enviou uma carta, Stevie Wonder cantou, e Snoop Dogg descreveu o falecido rapper Nipsey Hussle como um "advogado da paz" em um memorial realizado hoje em Los Angeles com a presença de familiares, amigos e milhares de fãs do artista.

Obama escreveu uma carta à família do cantor que foi lida por Karen Civil, amiga e sócia de Hussle. O ex-presidente elogiou as tentativas do rapper de revitalizar o bairro atormentado por gangues onde foi criado, e onde foi assassinado no mês passado.

"Enquanto a maior parte das pessoas olha para o bairro Crenshaw, onde ele cresceu, e vê apenas gangues, tiros e desespero, Nipsey viu potencial. Ele viu esperança", escreveu Obama, em referência aos esforços do cantor para construir um centro de treinamento de habilidades e um espaço de coworking na área.

O Staples Center, um local de eventos esportivos e shows com capacidade para receber 21 mil pessoas, ficou lotado por fãs vestindo as cores azul e branco durante a cerimônia de três horas. O evento foi seguido por uma procissão pelas ruas do sul de Los Angeles.

Hussle, de 33 anos, foi morto a tiros no dia 31 de março do lado de fora de sua loja de roupas no sul de Los Angeles.

Fãs se aglomeram nas ruas próximas ao Staples Center, em Los Angeles, onde aconteceu o funeral do rapper Nipsey Hussle - Patrick T. Fallon/Reuters
Fãs se aglomeram nas ruas próximas ao Staples Center, em Los Angeles, onde aconteceu o funeral do rapper Nipsey Hussle
Imagem: Patrick T. Fallon/Reuters

Rap gringo