Topo

Entretenimento


Galeria italiana exige retorno de pintura roubada pelos nazistas em 1943

AFP PHOTO/ FLORENCE MUSEUM PRESS OFFICE
Diretor da galeria Uffizi, em Florença (Itália), Eike Schmidt posa ao lado de representação de obra roubada pelos nazistas Imagem: AFP PHOTO/ FLORENCE MUSEUM PRESS OFFICE

Florença (Itália)

01/01/2019 15h54

A italiana Uffizi Galleries pediu, nesta terça-feira, que a Alemanha devolva uma pintura de natureza morta do mestre holandês Jan van Huysum, que foi saqueada por tropas nazistas na Segunda Guerra Mundial.

"A Alemanha tem o dever moral de devolver a pintura para o nosso museu", disse o chefe da Uffizi, Eike Schmidt, que é alemão. "Essa história está impedindo que as feridas da Segunda Guerra Mundial e dos horrores do Nazismo sejam curadas."

O "Vaso de Flores", pintura avaliada em milhões de dólares, foi originalmente colocada em exibição em Florença, em 1824, depois de ter sido comprada pelo Grande Duque Leopoldo II, para a sua coleção de arte.

A pintura a óleo estava exposta no Palácio Pitti, da cidade, até 1940, quando a cidade foi esvaziada para uma vila próxima, depois do começo da Segunda Guerra Mundial. Três anos depois, foi apreendida por tropas alemãs e eventualmente levada para a Alemanha, onde reapareceu apenas depois da reunificação, em 1991, nas mãos de uma família.

Intermediários exigiram pagamentos pela devolução, o que a Uffizi está recusando. Todos os esforços para recuperar a pintura por meio de canais legais falharam, com a Alemanha dizendo que não pode intervir por causa de uma regra de prescrição que impede o processo de supostos crimes cometidos há mais de 30 anos.

"A Alemanha não deveria aplicar essa regra para trabalhos de arte roubados durante a guerra", disse Schmidt, que, na terça-feira, pendurou uma fotografia em preto e branco da obra perdida no museu do Palácio Pitti.

A palavra "roubada", escrita em italiano, inglês e alemão, aparece na foto, e a imagem foi colocada no Twitter da Uffizi.

Newsletters

Receba por email as principais notícias do UOL sem pagar nada.

Quero receber

Mais Entretenimento