PUBLICIDADE
Topo

Keith Richards, dos Rolling Stones, (quase) para de beber

17.set.2015 - Keith Richards divulga seu documentário no Festival de Toronto. - Jemal Countess/Getty Images
17.set.2015 - Keith Richards divulga seu documentário no Festival de Toronto.
Imagem: Jemal Countess/Getty Images

Jill Serjeant

De Los Angeles

13/12/2018 20h10

Keith Richards, o guitarrista dos Rolling Stones famoso pelas festas e por ser um consumidor pesado de álcool, parou de beber - ou quase - dizendo apenas que "cansou". 

"Faz quase um ano agora", disse Richards à revista Rolling Stone em uma entrevista. "Eu puxei o plugue. Cansei disso".

Richards, de 74 anos, cujas bebidas favoritas por décadas foram whiskey e vodka, disse que ainda bebia eventualmente uma taça de vinho ou uma cerveja. 

"Era hora de parar. Assim como com todas as outras coisas", disse Richards à revista em referência a seus vícios em cocaína e heroína, além de outras drogas pesadas no passado. Richards diz ter parado com as drogas depois de ser preso em 1977 no Canadá por posse de heroína. 

Seu companheiro de banda, Ron Wood, que lutou contra o alcoolismo por anos, disse que é melhor trabalhar com Richards depois que ele parou de beber. 

"Muito mais suave. Ele está mais aberto a ideias", disse Wood em uma entrevista publicada na quarta-feira. 

"Eu acho que o Keith que conhecíamos e amávamos tinha um ponto de mutação em que, se ele bebia uma a dose a mais, ele passava do ponto e ficava desagradável. O ponto se tornou cada vez mais curto, e acho que ele percebeu isso", acrescentou Wood.

Os Rolling Stones iniciam em abril sua próxima turnê na América do Norte.