Topo

Entretenimento

Príncipe Harry ressalta ameaça diária da mudança climática em visita a Fiji

24/10/2018 10h59

Por Kate Ashton

SYDNEY (Reuters) - O príncipe britânico Harry disse nesta quarta-feira que a mudança climática é uma ameaça diária para a população de Fiji e anunciou bolsas escolares para estudar o problema, durante viagem ao lado de sua mulher, Meghan, pela nação que está linha de frente do aquecimento global.

O casal real foi recebido por multidões acenando com bandeiras de Fiji e do Reino Unido no segundo dia de sua visita à ex-colônia britânica de cerca de 300 ilhas, onde vilarejos foram transferidos para terras mais altas para fugir da elevação dos mares.

"Um dos maiores desafios é sem dúvida a mudança climática, e todos vocês que vivem aqui são confrontados com essa ameaça em seu cotidiano", disse Harry a alunos da Universidade do Pacífico Sul em Suva, capital de Fiji.

"Vocês estão vivenciado mudanças nos padrões climáticos, ciclones ferozes e a elevação do nível dos mares, particularmente em locais como Tuvalu e Kiribati, e estão convivendo com isso há muitos anos, muito antes de o mundo realmente começar a falar a respeito disso", afirmou.

Fiji, que ocupa a Presidência da COP23, a 23ª Conferência Anual das Partes de um acordo climático histórico da Organização das Nações Unidas (ONU), vem liderando uma iniciativa para que o mundo desenvolvido corte as emissões de carbono para limitar a elevação das temperaturas e dos mares.

Em todo o mundo, o nível dos mares subiu 26 centímetros desde o final do século 19, segundo dados da ONU, desencadeando planos para transferir mais de 40 vilarejos de Fiji para terras mais elevadas.

A questão é vista como um problema de segurança na região.

Em 2016, Fiji foi devastada pelo ciclone Winston, a tempestade mais forte da história no hemisfério sul, que matou 44 pessoas e causou danos no valor de 1,4 bilhão de dólares --um terço de seu produto interno bruto (PIB).

Se o aumento das temperaturas não for limitado a 1,5 grau Celsius acima dos níveis pré-industriais, porções do gelo do Ártico irão derreter, recifes de coral irão praticamente desaparecer e eventos climáticos extremos irão se agravar, segundo relatório da ONU.

Harry, neto da rainha Elizabeth, anunciou quatro bolsas escolares financiadas pelo Reino Unido para o estudo da questão em universidades de Fiji e do Caribe, e Meghan enfatizou a importância da educação feminina em seu primeiro discurso na viagem.

O par, que espera seu primeiro filho, se mostrou muito popular em Fiji, atraindo multidões calorosas em todos seus compromissos.

(Reportagem e redação adicional de Tom Westbrook)

Mais Entretenimento