Topo

Livros e HQs

Jorge Luis Borges recebe Nobel de Literatura póstumo em festival argentino

Divulgação
O escritor argentino Jorge Luis Borges Imagem: Divulgação

Lucila Sigal

De Buenos Aires

11/10/2018 11h57

A Academia Sueca pode não ter concedido o Prêmio Nobel de Literatura este ano, mas um festival literário argentino o fez e escolheu Jorge Luis Borges, considerado um dos escritores de maior destaque do século 20, para receber a homenagem.

O anúncio do prêmio póstumo ao autor argentino de "O Aleph" ocorreu na noite de quarta-feira (10) na abertura da décima edição do Festival Internacional de Literatura de Buenos Aires (FILBA), que neste ano também será realizado em Montevidéu e Santiago.

Após o discurso de abertura, a cargo da escritora francesa Catherine Millet, que falou sobre o feminismo, o ator argentino Esteban Feune de Colombi se apresentou no palco vestido de mulher para imitar a integrante da Academia Sueca que normalmente entrega o prêmio, reproduzindo o procedimento do evento de Estocolmo.

"Os acontecimentos que são de conhecimento público mostraram a crise que atravessa a instituição que historicamente se encarregou de outorgar o prêmio", disse o ator, usando um vestido azul.

"Em função disso, e não podendo sob nenhum pretexto permitir que este ano o prêmio seja declarado vago (...), um Comitê Internacional de Escritores assume a responsabilidade de entregar o Prêmio Nobel de Literatura 2018 a Jorge Francisco Isidoro Luis Borges Acevedo", acrescentou.

O comitê foi formado pela própria Catherine Millet (França), Irvine Welsh (Escócia), Jorge Carrión (Espanha), Teresa Cremisi (Egito), Alberto Manguel (Argentina), Mathias Énard (França), J.P. Cuenca (Brasil), Fernanda Trías (Uruguai), Fernando Savater (Espanha), Cristina Rivera Garza (México), Leo Felipe Campos (Venezuela) e Marta Sanz (Espanha).

Mais Livros e HQs