Topo

Filmes e séries


"Podres de Ricos" lidera bilheterias dos EUA pela segunda semana

Reprodução
Cena do filme "Podres de Ricos" Imagem: Reprodução

Em Los Angeles

26/08/2018 17h08

"Podres de Ricos" teve uma ótima bilheteria em seu segundo fim de semana.

A Warner Bros. declarou que a comédia romântica gerou mais US$ 25 milhões em 3.526 locais, o que significa que o filme teve quase tanto retorno em sua segunda semana quanto na primeira.

O longa de Jon M. Chu, que foi descrito como o primeiro filme de estúdio em quase 25 anos com um elenco predominantemente asiático-americano, caiu apenas 6 por cento - marcando um dos melhores resultados da história recente para um amplo lançamento em qualquer gênero. Os números de sábado não apresentaram recuo, algo sem precedentes. Em duas semanas, o seu total doméstico está em US$ 76,8 milhões.

"De tempos em tempos, todas as estrelas se alinham, e foi isso que aconteceu aqui", disse Jeff Goldstein, chefe de distribuição doméstica da Warner Bros. "A palavra acabou de se espalhar". 

"Podres de Ricos" superou facilmente "Crimes em Happytime", de Melissa McCarthy. A comédia ácida abriu em terceiro lugar com um tímido resultado de US$ 10 milhões de dólares em 3.256. Esse é facilmente o menor lançamento da carreira solo de McCarthy. O filme da STX, que teve um orçamento de produção de US$ 40 milhões, foi muito criticado. Ele carrega uma média de apenas 22% de aprovação no site Rotten Tomatoes.

Reprodução
Com Melissa McCarthy, "Crimes em Happytime" decepcionou Imagem: Reprodução

Não fica muito melhor para os novos lançamentos deste fim de semana. "A.X.L.", da Global Road Entertainment, estreou com míseros US$ 2,9 milhões em 1.710 locais - uma notícia desastrosas para a empresa. No início desta semana, os credores da Global Road assumiram o controle da divisão de filmes depois que a empresa não conseguiu levantar dinheiro suficiente para pagar por futuras produções.

"Megatubarão", da Warner Bros., atingiu um marco importante neste fim de semana, uma vez que ultrapassou US$ 100 milhões na bilheteria doméstica. O thriller de tubarão ficou em segundo lugar, recebendo US$ 13 milhões em 4.031 unidades em sua terceira edição. Globalmente, acumulou mais de US$ 400 milhões.

Enquanto isso, a última missão de Tom Cruise continua sendo lucrativa. "Missão Impossível -- Efeito Fallout" ficou em quarto lugar, com US$ 8,1 milhões em 3.052 telas, para um total doméstico de US$ 194 milhões. Gerou US$ 13 milhões de dólares no exterior, elevando seu retorno mundial para US$ 538 milhões.