PUBLICIDADE
Topo

Homenageada por governo espanhol, Gloria Estefan anuncia disco para janeiro

Gloria Estefan recebe medalha de ouro das artes do governo da Espanha das mãos do ministro da Cultura e Esportes Jose Guirao. À sua direita, o marido Emilio Estefan - PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP
Gloria Estefan recebe medalha de ouro das artes do governo da Espanha das mãos do ministro da Cultura e Esportes Jose Guirao. À sua direita, o marido Emilio Estefan Imagem: PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP

Por Sam Edwards

De Madri

23/07/2018 15h30

Gloria Estefan, estrela cubano-norte-americana que conquistou fama mundial nos anos 1980, foi homenageada pelo governo da Espanha nesta segunda-feira (23) por sua contribuição às artes.

Acompanhada por seu marido e produtor musical Emilio, a cantora recebeu a Medalha de Ouro de Mérito nas Artes do ministro da Cultura, José Guirao, no Teatro Real, em Madri.

A cerimônia foi organizada especialmente para Gloria, que não pôde comparecer a um evento no início deste ano no qual o rei Felipe entregou medalhas a vários outros homenageados.

Falando aos repórteres mais tarde, a vencedora de vários prêmios Grammy, que tem sucessos em espanhol e inglês, se pronunciou a respeito de algumas das questões que os latinos enfrentam nos Estados Unidos, inclusive a política de separar crianças imigrantes de seus pais.

"Estamos assustados com o tratamento que estas crianças receberam", disse ela. "É um momento muito difícil, e acho que os Estados Unidos como um todo estão um pouco tensos. É um momento difícil em todo o mundo".

Gloria disse ter terminado de gravar um disco que deve sair em janeiro. "Reinventamos algumas de minhas músicas, então vocês podem considerá-lo um 'Grandes Sucessos', por assim dizer, mas não, porque também tem quatro faixas novas". Seu último álbum de estúdio, "The Standarts", data de 2013.