PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

França presta homenagem à ativista Simone Veil com enterro no Panteão

02/07/2018 12h05

GENTE-SIMONEVEIL-PANTEAO:França presta homenagem à ativista Simone Veil com enterro no Panteão

PARIS (Reuters) - A França homenageou Simone Veil, sobrevivente do Holocausto conhecida por garantir a legalização do aborto no país nos anos 1970, enterrando-a ao lado de grandes cidadãos franceses no Panteão de Paris.

Simone Veil, que morreu aos 89 anos no dia 30 de junho de 2017, repousará com o marido na cripta do mausoléu do Panteão ao lado de outros ícones nacionais, como os escritores Émile Zola e Victor Hugo e o filósofo Voltaire.

Centenas de pessoas foram às ruas ensolaradas do centro de Paris ver a passagem do cortejo que transportou os caixões de Simone e de seu marido Antoine.

Entre elas estavam seus dois filhos, ambos advogados criminalistas de destaque.

"A França ama Simone Veil e a ama por suas lutas", disse o presidente francês, Emmanuel Macron, em discurso no Panteão.

"Queríamos que Simone Veil entrasse no Panteão sem esperar que gerações passassem para que suas batalhas, sua dignidade e sua esperança continuem sendo uma bússola nestes tempos turbulentos".

Sobrevivente judia dos campos de extermínio nazistas de Auschwitz-Birkenau e Bergen-Belsen que tinha o número de prisioneira 78651 tatuado no braço, Simone Veil era uma europeia fervorosa e defensora das liberdades civis, tendo se tornado a primeira presidente eleita do Parlamento Europeu em 1979.

Após sua morte, seu corpo foi enterrado no cemitério de Montparnasse e exumado para ser sepultado novamente no Panteão.

Entretenimento