Topo

Entretenimento

China lança investigação de evasão fiscal na indústria cinematográfica e televisiva do país

04/06/2018 15h07

CHINA-INVESTIGACAO-FISCAL:China lança investigação de evasão fiscal na indústria cinematográfica e televisiva do país

Por Pei Li e Engen Tham

PEQUIM/XANGAI (Reuters) - A China dará início a uma investigação sobre evasão fiscal na indústria cinematográfica e televisiva do país, informou a agência de impostos em comunicado divulgado em seu site oficial no domingo.

Alguns dos atores mais famosos do país foram acusados ??de assinar os chamados contratos "yin-yang" - um contrato estabelecendo termos de pagamento acordados e um segundo com um valor mais baixo para as autoridades fiscais para evitar o pagamento de impostos.

O mercado de cinema da China vale 8,6 bilhões de dólares.

O índice de rastreamento das principais empresas de mídia caiu 1,3 por cento, para uma baixa de quase quatro anos nesta segunda-feira.

A Administração Tributária do Estado (SAT) solicitou às autoridades locais na província de Jiangsu, no sul do país, entre outras, que realizassem investigações.

"Se violações das leis e regras fiscais forem encontradas, elas serão tratadas de acordo com a lei", disse a SAT.

A última vez que um artista de grande repercussão foi envolvido em uma investigação fiscal foi em 2002, quando a atriz dos anos 1980 Liu Xiaoqing foi presa por um ano por sonegação de impostos.

O chamado contrato "yin-yang" - uma expressão bastante usada na China que significa acordos reais e falsos operando lado a lado - é comum no país para todo tipo de aquisição, de imóveis a clubes de futebol.

A China vem reprimindo fraudes fiscais à medida que crescem as demandas nos cofres do Estado.

(Por Pei Li, Engen Tham e Wang Jing)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento