Topo

Festival de Cannes

Joalheiros responsáveis pela Palma de Ouro há 21 anos se preparam para Cannes

Denis Balibouse/Reuters
Funcionário da joalheira Chopard prepara a Palma de Ouro, o cobiçado troféu do Festival de Cannes Imagem: Denis Balibouse/Reuters

Em Genebra

26/04/2018 10h57

Em uma joalheria suíça, oito artesãos habilidosos se dedicam a transformar um bloco de cristal e uma porção de ouro em um dos mais cobiçados prêmios cinematográficos do mundo.

A Palma de Ouro, um ramo de palmeira de ouro sobre uma base de cristal, é o principal prêmio do Festival Internacional de Cinema de Cannes. A peça é feita pela mesma joalheria, a Chopard, há 21 anos.

Denis Balibouse/Reuters
Detalhe de Palma de Ouro, troféu do Festival de Cannes, feito para a edição de 2018 Imagem: Denis Balibouse/Reuters

Seu desenho foi ligeiramente alterado ao longo do tempo. Depois de ser escolhida, uma palma de cera azul é criada e mergulhada em gesso. Depois ela é aquecida em um forno durante uma noite para que a cera se derreta e deixe um molde oco de gesso.

O metal derretido é derramado no molde, que depois é imerso em água fria para quebrar o gesso e libertar a Palma de Ouro.

A Palma, cuja edição de 2018 será feita com 118 gramas de ouro 18 quilates, ainda passará por muita limpeza e polimento até ser considerada pronta para ser instalada na base de cristal.

"Realmente queríamos que esta Palma, mais do que ser um simples troféu, representasse o savoir-faire de vários artesãos", disse Marc Couttet, diretor da Chopard, à Reuters.

Dois troféus serão fabricados para o caso de haver dois vencedores do festival, que acontece entre os dias 8 e 19 de maio.

(Por Denis Balibouse e Cecile Mantovani)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!