Topo

Entretenimento

Primeira edição de clássico "Os Pássaros da América" pode render US$12 milhões em leilão

25/04/2018 15h10

LIVRO-PASSAROS-LEILAO:Primeira edição de clássico "Os Pássaros da América" pode render US$12 milhões em leilão

(Reuters) - Uma primeira edição de "Os Pássaros da América", de John James Audubon, um dos livros de história natural mais celebrados de todos os tempos, será leiloado em Nova York em junho e pode render até 12 milhões de dólares, disse a casa de leilões Christie's nesta quarta-feira.

O livro ricamente ilustrado do século 19, que tem mais de 400 ilustrações coloridas à mão de 1.037 pássaros em tamanho real, é um de meros 13 conjuntos completos que se acredita terem restado com colecionadores, informou a Christie's.

    A renda da venda de 14 de junho beneficiará a conservação de plantas, animais e habitats naturais por meio do trabalho da Fundação da Família Knobloch.

    A Christie's disse que o livro está "entre as cópias mais superlativas do livro de estampas coloridas mais refinado já produzido em mãos particulares", e estimou seu valor de pré-venda entre 8 milhões e 12 milhões de dólares.

    Nos últimos seis anos o exemplar pertenceu ao falecido empresário e naturista Carl W. Knobloch Jr., que criou a fundação sediada no Estado norte-americano do Texas batizada com o nome de sua família e morreu em 2016. Ele o comprou dos herdeiros do quarto Duque de Portland do Reino Unido em 2012 por 7,9 milhões de dólares.

    "Os Pássaros da América" foi publicado inicialmente de forma serializada entre 1827 e 1838 e representou sua missão de anos de encontrar e pintar todas as espécies conhecidas de pássaros da América do Norte.

    As 400 ilustrações são em tamanho real, refletindo a decisão de Audubon de retratar os pássaros da forma mais natural possível, fossem flamingos ou pequenos beija-flores.

    A maioria dos 120 conjuntos completos da primeira edição que ainda se acredita existirem está em galerias de arte, bibliotecas e universidades norte-americanas e britânicas.

    Antes do leilão de 14 de junho o livro será exibido ao público na Christie's de Los Angeles entre os dias 26 e 28 de abril e em seus show-rooms de Londres entre 19 e 24 de maio.

    (Por Jill Serjeant)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento