Topo

Entretenimento

Tatuagens são descobertas em múmias após milênios sob panos

01/03/2018 18h45

REINOUNIDO-TATOOS-MUMIAS:Tatuagens são descobertas em múmias após milênios sob panos

LONDRES (Reuters) - Pesquisadores descobriram as tatuagens figurativas mais antigas do mundo nas partes superiores dos braços de duas múmias do Egito antigo, informou o Museu Britânico nesta quinta-feira.

Foi descoberto que uma múmia masculina possui tatuagens representando um touro selvagem e um carneiro na parte superior de seu braço, enquanto uma feminina possui temas lineares e em formato de S na parte superior do braço e ombro.

As artes apareceram como manchas escuras na luz natural, mas pesquisadores do Museu Britânico e da Faculdade de Estudos Orientais da Universidade de Oxford descobriram as tatuagens em uma fotografia infravermelha em 2017.

?Isto na verdade está fornecendo conhecimentos completamente novos sobre o uso de tatuagens?, disse Daniel Antoine, curador de antropologia física do Museu Britânico, à Reuters.

?A localização destas tatuagens sugere que foram desenhadas para serem altamente visíveis na parte superior do braço e ombro?, disse, acrescentando que a descoberta aumenta em mil anos evidências de tatuagens na África.

As múmias foram desenterradas há 100 anos na cidade egípcia de Gebelein, a cerca de 40 quilômetros da região atualmente conhecida como Luxor. Elas são datadas de 3351 a 3017 a.C., no período pré-dinástico antes do Egito ser unificado pelo primeiro faraó.

Pesquisadores disseram que as tatuagens da múmia feminina podem ter indicado status, bravura ou conhecimento mágico, enquanto as da múmia masculina provavelmente são símbolos de virilidade e força.

Mais Entretenimento