Topo

Filmes e séries

Nanette Fabray, vencedora do Emmy e do Tony, more aos 97 anos

Divulgação
Fred Astaire, Jack Buchanan e Nanette Fabray em cena no filme "A Roda da Fortuna" (1953) Imagem: Divulgação

Will Dunham

24/02/2018 13h01

Nanette Fabray, uma artista mirim dos anos 1920 que se tornou estrela de musicais da Broadway, dançou com Fred Astaire nos cinemas e venceu três Emmy Awards trabalhando com Sid Caesar durante a era de ouro da televisão, morreu aos 97 anos.

Fabray, que também teve seu próprio programa de TV nos anos 1960, assim como um papel recorrente no seriado "Um Dia de Cada Vez" nos anos 1970 e 1980, morreu na quinta-feira, de causas naturais, disse seu filho, Jamie MacDougall, ao "Los Angeles Times".

Nascida em 27 de outubro de 1920, Fabray era uma cantora mirim do teatro de variedades, apelidada de "Baby Nanette" e se apresentou com o comediante de filmes mudos Ben Turpin. Ela estreou como uma atriz adulta em um papel secundário no luxuoso filme do diretor Michael Curtiz "Meu reino por um amor" (1939), estrelando Bette Davis e Errol Flynn.

Os talentos de Fabray para cantar e fazer comédia foram bem utilizados nos anos 1940 em musicais da Broadway como o sucesso "High Button Shoes", estrelado por Phil Silvers. Ela venceu um Tony Award em 1949 por "Love Life" e foi indicada em 1963 por "Mister President".

Nos anos 1950, Fabray estrelou ao lado de Caesar, uma das estrelas da era de ouro da televisão nos anos 1950, o programa de comédia "Caesar's Hour". Após substituir a comediante Imogene Coca no programa, ela venceu dois Emmy Awards: um em 1956 e outro em 1957.

O melhor papel de Fabray no cinema foi ao lado de Astaire, um dos maiores dançarinos de Hollywood, no musical do diretor Vincente Minnelli, "A Roda da Fortuna", em 1953, que recebeu três indicações ao Oscar.  

Fabray teve seu próprio programa de TV em 1961, mas não foi um sucesso. Depois disso ela teve vários papéis recorrentes e participações em séries de TV.  

Fabray foi casada duas vezes e MacDougall é seu único filho. Fabray, que tinha perda de audição, era conhecida por seu ativismo em questões envolvendo pessoas com problemas auditivos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!