Topo

Filmes e séries

Daniel Day-Lewis diz que nem ele mesmo entende sua decisão de se aposentar

Jason Merritt/Getty Images
O ator Daniel Day-Lewis Imagem: Jason Merritt/Getty Images

Karolina Tagaris

De Atenas

01/02/2018 15h25

Vencedor de três Oscars  e indicado a mais um neste ano, o ator Daniel Day-Lewis disse que fez as pazes com sua decisão de parar de atuar, apesar de ele mesmo não a ter entendido.

"Se eu soubesse a reposta, provavelmente tentaria evitar respondê-la de qualquer maneira, mas acontece que não consigo responder a pergunta", disse Day-Lewis aos repórteres em Atenas antes da exibição de seu último filme, "Trama Fantasma".

Day-Lewis, de 60 anos, o único homem a conquistar três Oscars de ator principal, chocou o mundo do cinema em junho ao anunciar, sem explicações, que está se aposentando da profissão.

Sua decisão veio depois que ele terminou de filmar "Trama Fantasma", um romance sombrio transcorrido na Londres de 1950 que o diretor Paul Thomas Anderson demorou dois anos para pesquisar e escrever.

"Não o entendo plenamente, mas me veio com um sentimento de convicção, e por isso decidi seguir em frente aceitando, e não lutando, com isso", disse.

O ator britânico, cuja carreira lhe rendeu os três Oscars pelos papéis do escritor irlandês paraplégico de "Meu Pé Esquerdo" (1989), um magnata do petróleo ganancioso do início do século 20 em "Sangue Negro" (2007) e do presidente norte-americano Abraham Lincoln em "Lincoln" (2013), descreveu a atuação como um santuário que, "de certa maneira, me salvou de mim mesmo quando criança".

"Mas sinto que é hora de explorar o mundo de uma maneira diferente agora", afirmou.

Em "Trama Fantasma", que é seu canto do cisne se ele mantiver a palavra, Day-Lewis interpreta um estilista ensimesmado cujo mundo vira de ponta-cabeça quando sua musa se apaixona por ele. Ele estudou com estilistas durante meses para mergulhar no personagem.

O filme foi indicado a seis Oscars, entre eles melhor filme, melhor ator e melhor diretor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!