Topo

Entretenimento

Noivado de príncipe Harry mostra monarquia britânica se distanciando de escândalos do passado

27/11/2017 11h57

GENTE-REINOUNIDO-NOIVADO-ESCANDALOS:Noivado de príncipe Harry mostra monarquia britânica se distanciando de escândalos do passado

Por Michael Holden

LONDRES (Reuters) - O rei Eduardo 8º sacrificou o trono e a irmã da rainha Elizabeth, Margaret, desistiu de seu verdadeiro amor, mas para o príncipe Harry se casar com uma mulher divorciada não é mais um tabu para continuar pertencendo à realeza ou seguir seu coração.

Nesta segunda-feira Harry, o quinto na linha sucessória para o trono britânico, anunciou que se casará com a namorada, a atriz norte-americana Meghan Markle, com a bênção de sua avó, a rainha.

As tradições sociais britânicas se transformaram nas últimas décadas, mas a monarquia continua sujeita a uma série de valores cristãos mais tradicionais.

Por isso, a aprovação da rainha é uma demonstração enfática do quanto a monarquia mudou e se modernizou nos últimos 80 anos, quando a ideia de um membro da família real se casar com uma pessoa divorciada era inconcebível.

"É extraordinário o quanto avançamos desde os anos 1930", opinou a biógrafa real Claudia Joseph. "Em menos de um século os tempos mudaram a ponto de se tornarem irreconhecíveis."

O rei Eduardo 8º, tataravô de Harry, desencadeou uma crise constitucional em 1936 ao insistir em se casar com a socialite norte-americana Wallis Simpson, divorciada duas vezes, causando horror no establishment, no governo e na Igreja da Inglaterra, que a monarquia comanda nominalmente.

Seu romance foi chamado de "a maior história de amor do século 20". Eduardo abdicou depois de meros 11 meses no trono e foi morar na França, o que levou o pai de Elizabeth, George 6º, a se tornar rei inesperadamente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento