Entretenimento

Justiça dos EUA retoma caso de difamação contra revista Rolling Stone por reportagem sobre estupro

19/09/2017 12h44

MIDIA-REVISTAROLLINGSTONES-PROCESSO:Justiça dos EUA retoma caso de difamação contra revista Rolling Stone por reportagem sobre estupro

NOVA YORK (Reuters) - Um tribunal federal dos Estados Unidos retomou nesta terça-feira parte de uma ação civil apresentada por três estudantes da Universidade da Virgínia que acusaram a revista Rolling Stone, sua editora Wenner Media e uma jornalista de difamação devido a uma reportagem sobre um estupro coletivo, pela qual a publicação pediu desculpas.

A Segunda Corte de Apelações dos EUA disse que os demandantes George Elias IV, Ross Fowler e Stephen Hadford alegaram plausivelmente que foram difamados na condição de membros da fraternidade Phi Kappa Psi e podem iniciar processos semelhantes como indivíduos.

A decisão desta terça-feira também manteve um veredicto de junho de 2016 que rejeitou outras alegações.

A reportagem de Sabrina Rubin Erdely publicado em novembro de 2014, intitulado "Um Estupro no Campus", descreveu o estupro de uma estudante chamada Jackie na casa da fraternidade Phi Kappa Psi em setembro de 2012. A Rolling Stone se desculpou pela reportagem cinco meses depois.

(Por Jonathan Stempel)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo