TV e Famosos

Tribunal da Austrália libera mulher de Johnny Depp por levar cães ao país

Jason Merritt/Getty Images
Tribunal da Austrália optou por não punir Amber Heard Imagem: Jason Merritt/Getty Images

Byron Kaye

Em Sydney (Austrália)

18/04/2016 13h34

Um tribunal da Austrália liberou nesta segunda-feira (18) a mulher de Johnny Depp de uma punição com uma promessa de bom comportamento depois que ela confessou ter falsificado documentos para levar dois cachorros de estimação para o país.

Depp acompanhou sua esposa, a atriz Amber Heard, à audiência na corte lotada da magistratura de Southport, próxima de onde ele vinha filmando uma sequência da franquia de filmes "Piratas do Caribe" quando o escândalo estourou no ano passado.

Pondo fim ao que a mídia australiana apelidou humoristicamente como "a guerra ao terrier", o magistrado decidiu não punir Amber, mas emitiu uma ordem formal para que ela fique longe de confusões durante um mês ou pague uma multa de mil dólares australianos.

Amber, de 29 anos, enfrentou acusações de importação ilegal de animais depois que as autoridades acusaram o casal de levar os cães Pistol e Boo, dois yorkshire terriers, de avião ao país sem realizar os procedimentos adequados de quarentena.

Mas nesta segunda-feira a corte soube que os promotores estaduais concordaram em retirar as acusações por Amber ter se declarado culpada da acusação mais branda de mentir em um formulário de embarque quando entrou no país para visitar Depp no set de filmagens no ano passado.

Para o casal de estrelas se trata de um desfecho tranquilizador, e nesse sentido nada hollywoodiano, levando-se em conta as leis notoriamente severas da Austrália no tocante a quarentenas.

As acusações originais contra Amber implicariam em uma pena de prisão de até 10 anos e uma multa de 10 mil dólares australianos.

O veredicto também pôs fim a um improvável conflito diplomático entre o par e o vice-primeiro-ministro australiano, Barnaby Joyce, que na condição de ministro da Agricultura ameaçou sacrificar os cães se Depp e Amber não os retirassem.

Depp não fez comentários antes de entrar no tribunal, a não ser por alguns gracejos com a mídia.

Na corte, os advogados da atriz mostraram um pedido de desculpas em vídeo no qual o casal, apático, louvou as regras de biossegurança da Austrália e Depp observou que "se você desrespeitar a lei australiana, eles o dirão com firmeza".

Amber acrescentou no vídeo que a Austrália é "uma ilha maravilhosa" e que "pede desculpas verdadeiramente por não ter declarado Pistol e Boo" porque "proteger a Austrália é importante".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Redação
Redação
Blog do Nilson Xavier
Redação
TV e Famosos
Redação
Redação
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
Redação
Redação
Redação
Blog do Maurício Stycer
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
Topo