Entretenimento

Colômbia construirá museu para exibir descoberta de navio antigo

05/12/2015 15h41

Por Julia Symmes Cobb

BOGOTÁ (Reuters) - A Colômbia vai construir um museu para exibir artefatos encontrados nos destroços de um galeão espanhol descoberto próximo ao histórico porto caribenho de Cartagena, disse o presidente Juan Manuel Santos neste sábado.

O San José, que historiadores acreditavam estar carregado de esmeraldas e moedas caras, afundou em 1708 e integrava a frota do rei Filipe V que lutou contra os ingleses na Guerra da Sucessão Espanhola.

"Vamos construir um grande museu aqui em Cartagena", disse Santos em pronunciamento transmitido a partir da base naval de Cartagena.

"Sem dúvida, sem espaço para qualquer dúvida, nós encontramos, 307 anos depois de ter afundado, o galeão San José", disse Santos.

Uma equipe de especialistas internacionais, a marinha colombiana e o instituto de arqueologia do país descobriram os destroços na semana passada, na ilha de Baru, disse o presidente.

Imagens de Sonar conseguiram identificar até agora os canhões de bronze feitos especificamente para o navio, armas, cerâmica e outros artefatos.

Cerca de 600 pessoas morreram no naufrágio, disse Santos.

Mais trabalhos arqueológicos e testes científicos sobre os destroços serão feitos para assegurar que sejam preservados de forma adequada, disse Santos.

O San José foi alvo de uma disputa legal entre a Colômbia e a Sea Search Armada (SSA), uma empresa de exploração marítima sediada nos Estados Unidos. A SSA alegou em 1981 ter encontrado o local em que o navio havia afundado.

A companhia e o governo concordaram em dividir qualquer renda proveniente do naufrágio, mas o governo depois disse que todo tesouro encontra pertenceria à Colômbia, visão que foi corroborada por uma corte norte-americana em 2011.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo