Entretenimento

Liberdade condicional de Pistorius pode demorar quatro meses, diz governo sul-africano

20/08/2015 14h20

CIDADE DO CABO (Reuters) - O conselho de revisão de liberdade condicional da África do Sul tem até quatro meses para concluir sua decisão sobre se Oscar Pistorius pode ser liberado da prisão, disse o porta-voz do Ministério da Justiça Mthunzi Mhaga à Reuters nesta quinta-feira.

O medalhista de ouro paralímpico Pistorius, de 28 anos, iria ser liberado para a prisão domiciliar na sexta-feira após cumprir 10 meses da sentença de cinco anos por matar sua namorada Reeva Steenkamp.

O ministro da Justiça, Michael Masutha, no entanto, bloqueou na quarta-feira a liberdade porque disse que decisão foi feita sem bases legais.

(Reportagem de Wendell Roelf)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo