Topo

Livros e HQs

Atriz de "O Sol é Para Todos" espera que "Watchman" vire um novo clássico

Penny Weaver/AP Photo
19.mai.2010 - O escritores Wayne Greenhaw, Harper Lee e a atriz Mary Badham Imagem: Penny Weaver/AP Photo

Katie Reilly

De Nova York (EUA)

15/07/2015 13h25

A atriz que levou Scout Finch à vida no filme ganhador do Oscar há mais de 50 anos espera que o controverso novo romance de Harper Lee, "Go Set a Watchman", se torne um marco nas aulas de literatura, assim como seu querido predecessor.

Mary Badham, que tinha 10 anos quando atuou como Scout na adaptação de 1962  de "O Sol É para Todos", disse para uma plateia lotada em uma leitura em Manhattan, nesta terça-feira (14), que acha que leitores vão aprender muito com o novo livro.

Perguntada se acha que "Watchman" será ensinado nas escolas, Badham disse: "Certamente espero que sim"

Escrito antes de "Mockingbird", "Watchman" se passa 20 anos depois, na década de 1950. O livro retrata o advogado Atticus Finch, visto como um símbolo de tolerância em face do racismo sulista em "Mockingbird", como um fanático que se opõe à desagregação e que já participou de um encontro da Ku Klux Klan.

"Acho que é tão oportuna para agora. 'Mockingbird' veio em um momento perfeito para nosso país. Permitiu-nos ter a capacidade de discutir assuntos de forma racional e inteligente", disse Mary, de 62 anos.

O romance, publicado nesta terça-feira, foi colocado à venda um mês após um atirador, identificado pelas autoridades como um homem branco de 21 anos, matar nove negros em Charleston, na Carolina do Sul.

O massacre iniciou um debate nacional sobre o uso da bandeira de batalha dos Confederados, historicamente associada à escravidão.

Joe Raedle/Getty Images/AFP
Leitora confere "Go Set a Watchman", nova obra de Harper Lee, em livraria na Flórida Imagem: Joe Raedle/Getty Images/AFP
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Livros e HQs