Topo

Entretenimento

Celebridades francesas assinam petição contra plano para banir prostituição

16/11/2013 15h25

PARIS, 16 Nov (Reuters) - Um grupo de celebridades francesas, incluindo o cantor Charles Aznavour e a atriz Catherine Deneuve, assinaram uma petição contra uma proposta socialista para punir clientes de prostitutas.

Na próxima semana, um comitê parlamentar da França irá revisar a proposta de uma facção do partido governista socialista para punir os clientes de prostitutas com multas. A expectativa é que a proposta seja votada em dezembro pelo parlamento.

"Sem apoiar ou promover a prostituição, nós rejeitamos a criminalização de pessoas que se prostituem e daqueles que utilizam seus serviços", disseram cerca de setenta celebridades francesas, incluindo o ex-ministro da Cultura socialista Jack Lang, em um comunicado publicado na mídia francesa neste sábado.

O cantor francês Antoine, que tomou a iniciativa para a petição, disse ao diário francês Le Figaro que o governo deve continuar combatendo a escravidão sexual mas não deve criminalizar a prostituição, e aquelas que se prostituem devem ter os mesmos direitos que outros trabalhadores.

A prostituição não é ilegal na França, que conta com um número estimado entre 18.000 e 22.000 prostitutas, de acordo com um relatório de 2012 da Scelles Foundation, no entanto há leis contra cafetões, tráfico de pessoas e solicitação de sexo em público.

(Por Geert De Clercq)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento