Topo

Entretenimento

Artista britânico Ovenden é condenado por crime sexual contra menores

09/10/2013 19h27

LONDRES, 9 Out (Reuters) - O artista britânico Graham Ovenden foi sentenciado na quarta-feira a 27 meses de prisão por cometer abusos sexuais contra crianças. A pena em primeira instância era de 12 meses, mas os juízes que analisaram o recurso a consideraram branda demais.

Ovenden, de 70 anos, conhecido mundialmente por retratar meninas, foi condenado em abril por seis acusações de indecência e uma de atentado ao pudor, relativas a três meninas que posaram para ele entre 1975 e 85.

Em junho, o artista foi condenado a 12 meses de prisão, com suspensão da pena por dois anos. Mas o procurador-geral Dominic Grieve recorreu.

O tribunal de apelações cancelou na quarta-feira o direito a sursis e elevou a pena a 27 meses de prisão, rejeitando o argumento da defesa de que o interesse de Ovenden pelas meninas era artístico, não sexual. Ele não poderá mais recorrer.

Depois da condenação do artista, em abril, a Tate Gallery retirou do seu site mais de 30 obras do artista, incluindo imagens de meninas nuas ou seminuas.

(Reportagem de Belinda Goldsmith)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento