Entretenimento

Mulher é presa após vandalizar Catedral Nacional de Washington

 Jason Reed / Reuters
Imagem: Jason Reed / Reuters

30/07/2013 09h48

WASHINGTON, 30 Jul (Reuters) - Uma mulher foi detida na segunda-feira sob a acusação de jogar tinta verde em parte da Catedral Nacional de Washington, enquanto a polícia continua investigando atos semelhantes de vandalismo em outros monumentos da capital.

A catedral, pertencente à Igreja Episcopal, foi fechada depois da descoberta da pintura na entrada e em duas capelas. A polícia disse que agentes detiveram a mulher ao fazer uma varredura no templo.

As autoridades estão investigando se a mesma mulher vandalizou estátuas no Memorial a Lincoln e o Instituto Smithsonian, na semana passada. Algumas pichações tinham formas que evocavam um cruzamento de hieróglifos com figuras humanas "de palitinho".

(Reportagem de Tom Ramstack)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo