PUBLICIDADE
Topo

Pollock e retrato da mulher de Matisse são destaques em leilões de NY

O pintor norte-americano Jackson Pollock - Martha Holmes/Revista"Life"
O pintor norte-americano Jackson Pollock Imagem: Martha Holmes/Revista"Life"

Chris Michaud

Nova York (EUA)

22/03/2013 18h48

Um raro retrato da mulher de Henri Matisse pintado pelo artista André Derain e uma obra monumental de Jackson Pollock podem superar os 20 milhões de dólares em leilões nos próximos meses em Nova York, disseram as casas de leilão na sexta-feira.

A Christie's oferecerá a vibrante tela "Madame Matisse", com uma estimativa de alcançar até 20 milhões de dólares. A venda será parte de um leilão de arte impressionista e moderna em 8 de maio. Antes, a tela será exposta em Londres, Moscou e Nova York.

Segundo a Christie's, trata-se da mais importante obra do artista francês já levada a leilão. Amélie Matisse posou para Derain no verão boreal de 1905, na cidade de Collioure, usando um quimono japonês com o qual foi retratada por vários artistas, inclusive Matisse.

Na Sotheby's, o destaque do leilão de 14 de maio deve ser "The Blue Unconscious" (1946), de Pollock. Essa obra - parte de uma série de sete grandes pinturas, sendo cinco hoje instaladas em museus - será exposta em Los Angeles, Londres e Nova York antes da venda.