Entretenimento

Exposição de Matisse em Paris mostra sua natureza obsessiva

EFE
"O Sonho", o bra de Matisse Imagem: EFE

Vicky Buffery

07/03/2012 11h39

Uma grande exposição sobre Henri Matisse inaugurada em Paris nesta semana traz uma nova perspectiva para o seu trabalho, mostrando o meticuloso processo criativo por trás das formas simples e cores estridentes que fizeram o nome do artista francês.

"Matisse: Pares e Séries" explora pela primeira vez como um dos maiores pintores do século 20 repetia a mesma composição diversas vezes, variando cor e técnica, antes de ficar satisfeito com o resultado.

Para um homem mais conhecido como líder do movimento fauvista e pelas rajadas de cor aparentemente espontâneas como no seu "A Alegria de Viver" de 1906, a mostra revela um lado inseguro e contido, que permaneceria inalterado ao longo de sua carreira de seis décadas.

"Nós queríamos desafiar a sabedoria aceita de que ele era um pintor feliz, um pintor fácil, uma espécie de virtuoso de simplicidade e alegria", disse a curadora da exposição, Cecile Debray.

A exposição, que deverá ser um dos destaques da temporada cultural de primavera em Paris, vai até 18 de junho no Centro Pompidou, antes de seguir para o Statens Museum for Kunst de Copenhague (Dinamarca) e, em seguida, para o Metropolitan Museum of Art, em Nova York.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo