Entretenimento

Com obras expostas no Brasil, Damien Hirst ganha retrospectiva em exposição na Grã-Bretanha

Divulgação
Crânio de Damien Hirst coberto por diamantes Imagem: Divulgação

21/11/2011 15h29

LONDRES (Reuters) - A escultura de um crânio incrustado com diamantes do artista britânico Damien Hirst será colocada em exposição como parte da primeira grande retrospectiva de sua carreira que ocorrerá na Grã-Bretanha.

"For the Love of God", que arrecadou o equivalente a 100 milhões de dólares em 2007 quando foi vendido a um consórcio de investidores incluindo o próprio artista, é um dos seus trabalhos mais famosos e controversos.

A forma de platina de um crânio humano do século 18 foi coberta com 8,6 mil diamantes, incluindo com um rosa de 52,4 quilates estimado em 4 milhões de libras (6,3 milhões de dólares).

Assim como boa parte da obra de Hirst, a escultura é um comentário sobre a mortalidade, a morte e as forças do mercado.

A obra ficará em exposição no Turbine Hall, da Tate Modern, e acompanha uma retrospectiva montada na mesma galeria de Londres.

A exposição, que ocorrerá entre 4 de abril e 9 de setembro de 2012 e é financiada pela Autoridade dos Museus do Catar, reunirá mais de 70 obras de Hirst.

(Reportagem de Mike Collett-White)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo