Entretenimento

Charlie Sheen perde fase inicial em processo por demissão de TV

15/06/2011 21h25

LOS ANGELES (Reuters) - Um juiz decidiu na quarta-feira que o processo de Charlie Sheen contra a Warner Bros não terá uma audiência aberta. A ação foi motivada pela sua demissão da série de comédia de sucesso "Two and a Half Men".

A decisão do juiz da Corte Superior de Los Angeles Allan Goodman foi vista como uma vitória para o estúdio responsável pela sitcom e para o produtor Chuck Lorre, que também é alvo de um processo de Sheen por conta de discussão com o ator.

Depois de tirar férias da série para um processo de reabilitação de uso de drogas, Sheen foi demitido em março de "Two and a Half Men", que é produzida pela Warner Bros e é transmitida pela CBS.

Sheen, que alega no processo que foi demitido por criticar os produtores, quer mais de 100 milhões de dólares em indenização.

(Por Alex Dobuzinskis)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo