Entretenimento

Rainha Elizabeth dá novo título a Philip em 90o aniversário

10/06/2011 15h48

LONDRES (Reuters Life!) - A rainha britânica Elizabeth deu a seu marido, o príncipe Philip, um novo título como presente em seu aniversário de 90 anos, na sexta-feira, quando ele anunciou que vai reduzir suas atividades, após décadas de compromissos oficiais.

Conhecido por seu discurso franco, sem meias palavras, e suas observações ocasionalmente impensadas, Philip passou seu aniversário do mesmo modo como tem passado boa parte de sua vida, cumprindo os deveres de seu papel de consorte da rainha, com quem se casou em 1947.

"É um dia de trabalho normal para ele. Não há comemoração propriamente dita", disse sua porta-voz, embora uma banda militar tenha tocado "Parabéns a Você" diante do Palácio de Buckingham e canhões terem feito 62 disparos de saudação na Torre de Londres.

Para marcar a ocasião, a rainha conferiu o título de lorde Alto Almirante, chefe titular da Marinha Real, a Philip, que serviu na Marinha durante a Segunda Guerra Mundial, participou dos desembarques das forças aliadas na Sicília e esteve na baía de Tóquio quando os japoneses se renderam, em 1945.

Apesar de ter sido companheiro quase constante da rainha, estando ao lado dela durante todo seu longo reinado, o príncipe, ainda um homem ativo, raramente buscou atrair atenção para si mesmo.

Seu aniversário será lembrado no mesmo estilo discreto: ele promoveu uma recepção para comemorar o centenário de uma organização beneficente para deficientes auditivos, e à noite ele presidiria uma conferência para figuras militares seniores britânicas, seguida por um jantar.

Philip é hoje o consorte que está há mais tempo em atividade e o cônjuge de um monarca britânico que passou mais tempo nessa condição. Ao longo desses anos, ele apoiou centenas de causas e entidades beneficentes.

Mas, em entrevista concedida à BBC para marcar seu aniversário, ele disse que vai reduzir seus compromissos oficiais.

"Acho que já fiz minha parte e agora quero me divertir um pouco, com menos responsabilidades, menos correria frenética, menos preparo, menos necessidade de pensar em algo a dizer", disse ele.

"Além disso, minha memória anda fraca. Não consigo me lembrar de nomes e coisas."

É por comentários diretos deste tipo e gafes que Philip é mais conhecido.

Certa vez ele disse a estudantes britânicos na China: "Se vocês permanecerem muito tempo aqui, vão ficar com os olhos puxados". Em outra ocasião, perguntou a aborígines na Austrália se ainda atiravam lanças uns contra os outros.

O primeiro-ministro David Cameron disse que Philip sempre fez as coisas "à sua própria maneira inimitável, com uma abordagem simples, sem formalismos, que acho que enternece o povo britânico."

Embora o príncipe tenha passado boa parte de sua vida à sombra da rainha, existe um lugar onde ele brilha mais que sua esposa: na ilha de Tanna, parte do arquipélago de Vanuatu, no Pacífico, onde ele é adorado como um deus pelos habitantes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo