Entretenimento

Sean Penn reitera pedido de ajuda ao Haiti

16/02/2011 10h14

Por Alex Dobuzinskis

LOS ANGELES (Reuters) - O ator vencedor do Oscar Sean Penn voltou a pressionar publicamente pela ajuda internacional na reconstrução do Haiti após o terremoto devastador que atingiu o país em 2010.

Nos últimos dias, o ator de "Jogo de Poder" fez as pazes com o rapper de origem haitiana Wyclef Jean e viajou para Viena, onde pediu ao governo austríaco e a empresários que continuem a ajudar o Haiti.

Penn havia criticado Jean, que tentou sem sucesso lançar uma campanha pela presidência no Haiti após o terremoto. Penn disse que a candidatura de Jean era "suspeita", e que o músico estava ausente no local onde muitos, como Penn, haviam se engajado.

Jean reagiu, acusando Penn de estar sob o efeito de drogas.

Mas na semana passada em Nova York, Penn estava entre Jean e Michel Martelly, outro artista haitiano que concorreu à Presidência do Haiti, e o ator deixou de lado as diferenças.

"Não estou aqui como um partidário político, mas o que posso dizer a vocês sem hesitar é que, assim como todos, esses dois homens ao meu lado irão liderar o caminho se você apoiá-los", disse Penn, em comentários que foram gravados em vídeo.

O ator, que recebeu seu segundo Oscar em 2009 por interpretar o ativista político gay Harvey Milk, também disse que os Estados Unidos têm uma "oportunidade" no Haiti para ajudar as pessoas a "triunfar contra a pobreza".

A tentativa de Jean para a presidência fracassou em agosto de 2010, quando o conselho eleitoral do Haiti rejeitou sua candidatura porque ele não cumpriu com as exigências de residência.

O grupo humanitário de Penn, o J/P Haitian Relief Organization, administra um acampamento para milhares de haitianos desabrigados após o terremoto, e também realiza uma missão médica e retira escombros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo