PUBLICIDADE
Topo

Boyega critica 'Star Wars' por ser 'único do elenco tratado pela raça'

Rose (Kelly Marie Tran) e Finn (John Boyega) em cena de "Star Wars: Os Últimos Jedi" - Lucasfilm/Divulgação
Rose (Kelly Marie Tran) e Finn (John Boyega) em cena de "Star Wars: Os Últimos Jedi" Imagem: Lucasfilm/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

02/09/2020 10h11

John Boyega tem sido ativo nas questões do Black Lives Matter, movimento antirracismo que ganhou força com a morte de George Floyd, nos Estados Unidos. Em uma entrevista à revista GQ, ele abriu críticas à produção de "Star Wars", em que atuou como Finn, pelo tratamento diferenciado dado e ele, baseado em sua raça, e pelo fato de o personagem ter se tornado periférico na trama.

Eles sabiam o que fazer com Daisy Ridley, o que fazer com Adam Driver. Mas quando chegou a Kelly Marie Tran, quando se tratou de John Boyega, não sabem p... nenhuma. Então, eles querem que eu diga: 'Gostei da experiência. Foi uma grande experiência. Não, não não. Eu vou dizer quando for uma grande experiência.

Para o ator, outros personagens foram muito mais profundos que o seu é o de Tran, atriz de ascendência asiática.

Eles deram todas as nuances para Adam Driver, todas as nuances para Daisy Ridley. Sejamos honestos. Adam sabe. Daisy sabe. Não estou expondo nada desconhecido"

E aconselhou:

O que eu diria à Disney é: não traga um personagem negro, faça marketing em cima dele de como ele é tão diferenciado na franquia, para depois jogá-lo de lado. Isso não é bom. E vou falar diretamente disso"

Boyega apareceu pela primeira vez na franquia em "Star Wars: O Despertar da Força", de 2015, e voltou em "Star Wars: Os Últimos Jedi" e "Star Wars: A Ascensão Skywalker".

Sou o único integrante do elenco que teve sua experiência na franquia baseada na raça. Um processos desses te deixa com raiva. Te deixa mais militante; ele muda você. Por que você percebe: 'Eu ganhei essa oportunidade, mas estou em uma indústria que nem está preparada pra mim. Ninguém viveu isso, e, ainda assim, tem gente surpresa que estou assim. Essa é a minha frustração"