PUBLICIDADE
Topo

CD independente do CPM 22 vira relíquia e preço chega a R$ 2,8 mil na web

Olha aí ele! Tem alguma cópia perdida em casa? - Reprodução
Olha aí ele! Tem alguma cópia perdida em casa? Imagem: Reprodução

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

12/08/2020 04h00

Quem perambulou pelos idos dos anos 2000 na rua Rodolfo Miranda, em São Paulo, perto do número 110, certamente acabou se deparando com esse disco aí: "A Alguns Quilômetros De Lugar Nenhum", do CPM 22. Lançado ainda de maneira independente, o primeiro disco da banda paulista era vendido em uma banquinha improvisada nos shows do grupo a R$ 10.

Hoje, a relíquia é encontrada em sites gringos por preços que chegam a quase R$ 3 mil por uma cópia ainda lacrada.

cpm disco encarte - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Se liga na imagem acima: o encarte ainda tinha endereço da caixa postal da banda --1022, sacou? CPM 22?-- e o endereço do site, no extinto serviço de hospedagem grátis de sites HPG.

No site Mercado Livre, a cópia mais barata do disco sai por R$ 550, enquanto a mais cara, ainda lacrada no plástico, custa R$ 1200. Já no Discogs.com o preço fica ainda mais salgado, principalmente pelos valores estarem em dólares e euro. Em um dos anúncios, o vendedor cobra US$ 520, que, na conversão atual, chega a R$ 2,828.

Não guardou nenhuma caixinha com umas cópias do CD, Badaui?

cpm 22 - Joshua Bryan e Denilson Santos/AgNews - Joshua Bryan e Denilson Santos/AgNews
Imagem: Joshua Bryan e Denilson Santos/AgNews

O disco tem 14 faixas e algumas das músicas que ajudariam a banda alguns anos depois a entrar no mainstream, como "Regina Let's Go!" e "O Mundo Dá Voltas". O álbum passou de mão em mão por muitos fãs do hardcore melódico dos anos 2000 a ajudou uma galera a entrar numa vibe do hardcore melódico que ainda não era muito popular por aqui.

Show do CPM 22 no Hangar 110, em São Paulo - Marcelo Justo/UOL - Marcelo Justo/UOL
Imagem: Marcelo Justo/UOL

Fãs brasileiros de NOFX, Millencolin, Face to Face e tantas outras bandas viram um grupo brasileiro fazendo um som parecido por aqui e logo grudaram nesse movimento.

Pouco tempo depois, o CPM 22 estava na TV aberta e o Hangar 110 lotado de jovens fazendo um som parecido com aquele que ouviram em "A Alguns Quilômetros De Lugar Nenhum". NX Zero, Fresno, Strike e ForFun são só alguns dos nomes que brotaram dessa cena aí.

Falando nisso, será que alguns desses outros álbuns dessa época também ficaram caros assim?

NX Zero - "Diálogo?" (2004) - R$ 450

NX Zero - diálogo - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Fresno - "Quarto dos Livros" (2003) - R$ 400

Fresno - Quarto dos Livros - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Hateen - "Dear Life" (2000) - R$ 130

Hateen Dear Life - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Aditive - "Reverso" (2004) - R$ 399

Aditive Reverso - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

E pensar que eles custavam R$ 10 nas banquinhas de camisetas dos shows... Você guardou algum deles por aí?