PUBLICIDADE
Topo

Patty Jenkins diz que poderá deixar "Mulher-Maravilha" após terceiro filme

Patty Jenkins dá instruções para Gal Gadot durante filmagem de Mulher-Maravilha - Reprodução
Patty Jenkins dá instruções para Gal Gadot durante filmagem de Mulher-Maravilha Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/08/2020 15h46

Patty Jenkins, que assina a direção dos últimos filmes de "Mulher-Maravilha", pode deixar a franquia após o terceiro longa. A revelação foi feita em entrevista a uma publicação alemã esta semana.

De acordo com a diretora, "Mulher-Maravilha 1984" foi uma grande oportunidade para que ela explorasse criações que não foram possíveis no título anterior. "Fiquei muito feliz em contar a história de origem da Mulher-Maravilha. Foi quase como seu nascimento, mas nós ainda não conseguimos ver realmente do que ela é capaz. É animador para mim mostrá-la no ápice de sua força. Mas também é muito importante que ela tenha um combate interno: é uma deusa que tenta ajudar a humanidade. Ela não é apenas alguém que combate o mal, ela tenta mostrar às pessoas ruins como melhorar. É um dilema interessante", afirmou.

"O próximo provavelmente será meu último filme com a Mulher-Maravilha, então tenho que colocar tudo o que quero mostrar lá. Precisamos pensar com cuidado."

Em junho, Patty Jenkins disse que havia "apertado o botão de pausa" no desenvolvimento de um terceiro filme de "Mulher-Maravilha" para que ela pudesse ter certeza de que estava "absorvendo qualquer que seja o resultado dessa pandemia". "Acho que o enredo permanecerá muito semelhante, provavelmente. Mas quero ter certeza de que seja influenciado por tudo isso", disse na ocasião.