PUBLICIDADE
Topo

R.R. Martin já disse que poderia ser preso se não lançasse novo livro hoje

O autor George R.R. Martin - Christopher Polk/NBC/Getty Images
O autor George R.R. Martin Imagem: Christopher Polk/NBC/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/07/2020 17h14

O problema de quem é muito famoso é que fã não esquece das coisas. George R.R. Martin está enrolando horrores para lançar o 6º livro da saga "As Crônicas de Gelo e Fogo", e ele prometeu em maio de 2019, no seu blog, que o novo livro seria lançado em 29 de julho de 2020 — ou seja, hoje.

Chamada de "Winds of Winter" (Os Ventos do Inverno, em tradução livre), a obra, claro, não viu a luz do dia ainda. Mas o engraçado é que, na promessa, Martin disse que poderia ser preso caso não lançasse o livro hoje. Olha só.

Hoje é a estreia da CoNZealand, uma feira nerd que acontece na Nova Zelândia, por isso o escritor escolheu esta data para mostrar sua nova criação. Mas ele agora está literalmente preso por isso? Claro que não, só se for na quarentena do coronavírus.

Os fãs sempre esquecem o que lhes convém. Em junho, o autor afirmou que o 6º livro da saga que deu origem ao épico "Game of Thrones" pode sair em 2021 — e não se fala mais nisso.

Enquanto isso, o jeito é esperar.

Geek