PUBLICIDADE
Topo

Comic-Con virtual: O que funcionou, o que flopou e as maiores novidades

Elenco de "Novos Mutantes" se reuniu para painel na Comic-Con virtual - Reprodução
Elenco de 'Novos Mutantes' se reuniu para painel na Comic-Con virtual Imagem: Reprodução

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

27/07/2020 13h10

A pandemia de covid-19 fez a San Diego Comic-Con ficar bem diferente: em vez de reunir mais de cem mil fãs em um centro de convenções, o maior evento de cultura pop do mundo aconteceu de forma totalmente digital e gratuita entre quarta (22) e domingo (26).

Foi um evento cheio de boas intenções, mas o resultado ficou, hum, a desejar - e pode deixar boas lições para os eventos que vêm aí! Abaixo listamos o que funcionou, o que flopou e quais foram as maiores novidades.

Funcionou: Comic-Con mais democrática...

Ir à San Diego para a Comic-Con não é barato. Você precisa pensar em passagens, hospedagem (que é um drama à parte na SDCC), transporte, custos para tirar o visto americano, alimentação... tudo isso em dólar, em um câmbio nem um pouco favorável. E, além de tudo, ainda tem que se planejar bem para conseguir os ingressos, que são MUITO concorridos.

A Comic-Con virtual permitiu que muito mais gente tivesse um gostinho do que é estar em uma convenção dessas, falando sobre a ciência por trás de "De Volta Para o Futuro" ou vendo atores como Keanu Reeves falando do seu trabalho. E convenhamos, quem NÃO merece ver Keanu?

...e sem filas!

Quem já foi à CCXP, que acontece em São Paulo desde 2014, sabe que as filas estão por todos os lados. Na SDCC é igual (se não pior). As filas para entrar no Hall H, onde acontecem os grandes anúncios, começam a se formar no dia anterior e são literalmente quilométricas. Não deixa de ser um alívio poder acompanhar os painéis sem ter de encarar horas e horas de fila.

Fãs acampam em fila para tentar garantir lugar nos painéis da Marvel e da DC na San Diego Comic-Con - Mario Anzuoni/Reuters - Mario Anzuoni/Reuters
Saudades de fila em San Diegpo? Não temos!
Imagem: Mario Anzuoni/Reuters

Flopou: Conteúdo fraco...

A pandemia fez os cinemas fecharem e obrigou os estúdios a adiarem estreias já programadas, deixando filmes como "Mulan" e "Tenet" no limbo e uma grande dúvida sobre as outras datas já marcadas. Isso afastou muitos grandes players da SDCC —afinal, vale a pena promover um filme que ninguém sabe quando vai ser lançado?

O evento foi ainda mais esvaziado pela concorrência com a JusticeCon, na qual Zack Snyder revelou o uniforme preto do Superman, e com o futuro DC Fandome, para o qual a Warner está guardando novidades de filmes como "The Batman" e o novo "Esquadrão Suicida".

Dessa forma, a Comic-Con não teve anúncios de peso ou muitas novidades, o que era a regra em outros anos. Parece que faz uma vida desde que a Marvel anunciou toda a sua Fase 4 na edição do ano passado...

... e pouca interação

Boa parte da graça de uma Comic-Com está em compartilhar suas paixões com outros fãs e poder estar pertinho dos seus ídolos, quem sabe até perguntar algo para eles. Mas a SDCC deixou isso completamente de lado em sua versão virtual, com todos os painéis gravados previamente.

Obviamente não seria possível transformar todos em lives, já que havia muita coisa agendada. Porém, a organização e os canais poderiam ter encontrado alguma forma de ter um contato mais direto com os fãs e dado a eles uma experiência mais completa.

O mesmo vale para o "pavilhão virtual", que poderia ter sido uma experiência mais amigável (e completa) para os fãs.

As maiores novidades

'Novos Mutantes'

Pudemos ter um gostinho da cena de abertura do filme. Será que agora ele estreia mesmo? Assista à cena no vídeo abaixo, a partir dos 24 min.

'Vikings'

Ganhamos um teaser da última leva de episódios da série, e descobrimos que Bjorn está vivo! Aumentou nosso hype para o fim da série!

'The Boys'

A série do Amazon Prime Video foi renovada para sua terceira temporada, e já estamos amando!

'Walking Dead'

O final da décima temporada ganhou uma data para ir ao ar -4 de outubro—, mas não é mais o final: a temporada vai ganhar seis episódios adicionais, que ficaram para 2021.

Aliás, já em outubro veremos Maggie de novo!

'Walking Dead: World Beyond'

Falando em "TWD", o novo spin-off da série ganhou um novo trailer e uma data de estreia: dia 5 de outubro aqui no Brasil, onde ele irá ao ar pelo canal pago AMC.

Geek