PUBLICIDADE
Topo

Anitta diz que não comanda mais carreira sozinha: 'Para descansar a mente'

Anitta - Reprodução/Instagram
Anitta Imagem: Reprodução/Instagram

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

13/07/2020 04h00

Anitta sempre gostou de tomar as rédeas do seu trabalho e acompanhar de perto todos os seus projetos. Desde que rompeu com sua ex-empresária, Kamilla Fialho, em 2014, ela assumiu a frente de tudo, mas, agora, focada mais do que nunca na carreira internacional, decidiu dividir as responsabilidades.

Não estou mais comandando a minha carreira sozinha, como sempre foi. Queria muito este momento de eu ter tempo para descansar mentalmente. Estou fazendo a parte de artista e, quando acabo meu dever de artista, vou dormir.

A cantora assinou recentemente contrato com a gravadora Warner Music Internacional e lança em breve seu álbum direcionado a esse mercado.

"Já tinha falado que queria dar uma descansada, porque eu estava numa batida muito louca de trabalho. O objetivo de assinar com a Warner foi desafogar das minhas tarefas, eu estava fazendo tudo, coordenando a equipe inteira de todos os países, estava demais. Tinha vários relógios no meu celular."

Cenas quentes em 'Tócame'

A primeira música lançada, 'Tócame', teve um clipe gravado durante a pandemia só com capturas de imagens feitas por drones da cantora em sua mansão no Rio de Janeiro, com direito a cenas quentes com o namorado, Gui Araújo. O vídeo conta com participações de pessoas dançando de suas janelas em várias partes do mundo.

Antigamente, eu ficava ainda decidindo um milhão de coisas, agora estou com esse tempinho a mais na minha vida.

A prova de que Anitta está menos ligada nos 220 Volts é que ela, sem ideia de como gravar o clipe na pandemia, recorreu ao diretor Giovanni Bianco —que já trabalhou com ela em "Bang" e "Essa Mina É Louca"— em busca de sugestões.

A maior dificuldade foi ter a ideia. Sempre fui muito megalomaníaca, não estava conseguindo chegar numa fórmula. Tive que pedir para o Giovanni. Aí, com o drone, foi supertranquilo, bem rápido. Não teve nenhuma câmera na mão, foi mara.

'Tem muito Brasil'

Apesar de seu novo álbum ter canções em outros idiomas, apenas com algumas palavras em português, Anitta explica que a ideia é apresentar o Brasil para o mundo.

Ela inclusive vai contar um pouco de sua história, relembrar sua infância em Honório Gurgel, subúrbio do Rio, e até dedicar um trecho de uma canção ao seu "novo" irmão paterno, Felipe Terra, que foi descoberto no ano passado através de uma matéria de jornal, aos 31 anos.

"A estratégia neste ano no Brasil é fazer umas coisas mais esporádicas, mas o foco é lançar as músicas internacionais. Tirando a 'Tócame', todas as outras têm muito Brasil, mesmo que eu não esteja cantando em português."