PUBLICIDADE
Topo

Tom Meighan deixa Kasabian e admite casos de agressão contra a ex-noiva

Tom Meighan anunciou saída do Kasabian ontem - Reinaldo Canato/ UOL
Tom Meighan anunciou saída do Kasabian ontem Imagem: Reinaldo Canato/ UOL

Do UOL, em São Paulo

07/07/2020 12h22

O vocalista Tom Meighan, da banda Kasabian, confessou que agrediu a ex-noiva, Vikki Ager, em episódios envolvendo consumo de bebidas alcoólicas.

Segundo o jornal The Mirror, Meighan fez as declarações hoje diante do Tribunal de Magistrados de Leicester, na Inglaterra. Câmeras de um circuito interno de segurança haviam registrado um dos episódios de violência.

Meighan atacou Vikki, fazendo ela bater a cabeça em uma gaiola. Em outro momento, ele a teria arrastado, puxando-a pelos tornozelos, e a agredido com um palete de madeira. Durante a audiência, o vocalista chegou a chorar quando o vídeo foi exibido.

O caso aconteceu na noite de 9 de abril, enquanto o casal cumpria o isolamento social da pandemia de coronavírus.

Ontem, o vocalista anunciou que estava se afastando da banda para cuidar de problemas pessoais.

De acordo com a BBC, Meighan terá que cumprir uma ordem comunitária de 18 meses, fazer 200 horas de trabalho voluntário, ficar cinco dias em uma casa de reabilitação e pagar duas multas que somam R$ 1.176,21.

Nenhuma ordem de restrição foi incluída como pena.

Rock