PUBLICIDADE
Topo

Marca de Kanye West recebeu empréstimo milionário do governo americano

Kanye West recebeu empréstimos do governo para manter empregos na sua grife de luxo - Eduardo Anizelli/Folhapress
Kanye West recebeu empréstimos do governo para manter empregos na sua grife de luxo Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

07/07/2020 11h36

Em abril deste ano, o Congresso norte-americano aprovou um pacote de ajuda de US$ 500 bilhões (cerca de R$ 2,6 trilhões) para empresas que sofressem recuo econômico durante a pandemia.

Um dos beneficiados por essa ajuda financeira foi o rapper Kanye West, que na última semana declarou que vai concorrer à presidência dos Estados Unidos.

O empréstimo recebido por West variou entre US$ 2 a US$ 5 milhões (cerca de R$ 10 a R$ 26 milhões) e teria ajudado a grife Yeezy, uma marca do cantor, a preservar 106 empregos.

Contudo, chama atenção que Kanye tenha recorrido a um empréstimo do governo já que seu patrimônio é estimado em US$ 1,3 bilhão, segundo a Forbes (aproximadamente R$ 6,89 bilhões) e a sua mulher, Kim Kardashian, também é bilionária.

Marcas como Jim Henson Co., criadora dos muppets e entidades sem fins lucrativos como a Grammy Museum Foundation e o Walt Disney Family Museum também recorreram a empréstimos do governo.

A lista de empresas que pediram empréstimos ao governo federal dos EUA foi divulgada ontem pelo Tesouro dos EUA.

Rap gringo