PUBLICIDADE
Topo

A Caminho da Lua: Netflix quer te emocionar com nova animação; veja trailer

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

23/06/2020 10h00

"A Caminho da Lua", animação que a Netflix vai lançar no segundo semestre, quer levar você para o espaço —e para uma viagem emocionante, a julgar pelo primeiro trailer do filme, que acabou de sair, e pela prévia exclusiva que o UOL teve com os criadores do filme.

A animação acompanha a história de Fei Fei, uma garota que constrói um foguete para ir até ao espaço e provar a existência de uma Deusa da Lua. Ela acaba encarando uma aventura inesperada e cheia de criaturas fantásticas.

Fei Fei encontra um mundo mágico na animação 'A Caminho da Lua', da Netflix - Divulgação - Divulgação
Fei Fei encontra um mundo mágico na animação 'A Caminho da Lua', da Netflix
Imagem: Divulgação

A direção é de Glen Keane, animador de filmes como "A Bela e a Fera" e "A Pequena Sereia", e as vozes tem no elenco nomes como Sandra Oh e John Cho, além de Cathy Ang, que dubla a protagonista.

Carta de amor

A história real por trás do filme é de emocionar: a ideia das produtoras Peilin Chou e Gennie Rim ganhou forma nas mãos da roteirista Audrey Wells, que enfrentava uma doença terminal e quis deixar o filme como uma "carta de amor" para seu marido e sua filha.

Fei Fei e sua família na animação 'A Caminho da Lua', da Netflix - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

"Só fomos descobrir depois de um ano trabalhando com ela, quando ela contou que estava doente e não tinha muito tempo", contou Chou, em uma conversa com o UOL e outros veículos.

Ela queria realmente deixar esse filme para falar sobre o que acontece quando as pessoas se vão, esse amor que dura para sempre. Era muito importante para ela que essa mensagem pudesse ficar com seu marido e sua filha para sempre.

Wells conseguiu assistir à primeira versão do filme. "Ela amou e ficou muito feliz", lembrou Chou.

Diretor veterano

Para a direção, Rim e Chou foram atrás de Glen Keane, que além de sua experiência de décadas em animações da Disney, é, também, um vencedor do Oscar: ele foi premiado em 2018 pelo curta "Dear Basketball", feito em parceria com Kobe Bryant.

Keane disse que embarcou logo na história de Fei Fei.

Eu amo personagens que acreditam que o impossível é possível. Gosto disso na minha própria vida e me identifico com esses personagens que veem além do problema. É inspirador.

O diretor até fez uma comparação entre Ariel e Fei Fei: "Nada pode parar um personagem que tem um objetivo. Ariel, que quer viver fora do oceano, tem o mesmo brilho de Fei Fei. Uma garota de 12 anos construir um foguete é uma loucura, mas nada vai parar ela. Eu senti que precisava fazer esse filme".

Filmes e séries