PUBLICIDADE
Topo

Cole Sprouse e Lili Reinhart rebatem acusações de agressão sexual

Cena do primeiro episódio da quarta temporada de Riverdale - Divulgação/Warner
Cena do primeiro episódio da quarta temporada de Riverdale Imagem: Divulgação/Warner

Do UOL, em São Paulo

22/06/2020 09h49

Os atores Cole Sprouse e Lili Reinhart, protagonistas de "Riverdale" foram ao Twitter para rebater as acusações de assédio sexual feitas contra eles e mais dois outros membros do elenco da série americana. Cole e Lili reforçaram que falsas acusações são danosas para a luta de quem realmente sofre com esse tipo de questão.

As publicações no Twitter foram respostas as acusações feitas de forma anônima, em perfis recém-criados e quase simultaneamente contra Cole (que interpreta Jughead Jones), Lili (Beth), KJ Apa (Archie) e Vanessa Morgan (Toni).

"Falsas acusações causam danos tremendos em vítimas de assédio. Além disso, eu jamais tentaria silenciar alguém. Eu encorajo as pessoas a olharam as acusações, já que os eventos contados são evidentemente falsos", escreveu Cole em seu Twitter.

"Eu espero e rezo para que isso não desencoraje sobreviventes reais a denunciarem suas experiências", disse Lili em seu perfil.

A acusação

A conta que acusou Cole Sprouse alegou que estava em uma festa em 2013, enquanto ele frequentava a NYU (Universidade de Nova York). Ela teria sido convidada a uma das festas de Cole por um amigo em comum e, durante o evento, ele teria começado a flertar com ela e os dois começaram uma conversa.

"Quando nós começamos a nos beijar, ele me chamou para seu quarto. Eu fui, mas estava um pouco embriagada depois de tomar uns 3 drinks. Ao chegar lá, ele se tornou agressivo e me empurrou contra a cama. Eu empurrei ele de volta, mas ele não se mexeu porque eu estava bêbada e ele é maior que eu", escreveu.

"Então ele me jogou na cama, colocou suas mãos embaixo da minha camiseta e começou a acariciar meus seios. Eu disse 'não', mas ele seguiu para debaixo das minhas calças", continuou.

"Quando ele terminou, ele me mandou sair. Eu fui para casa soluçando e tomei um banho. Eu nunca contei isso a ninguém porque quem iria acreditar em mim, e não em uma estrela rica da Disney?", concluiu citando o papel de Cole em "Zack e Cody", da Disney, quando ele contracenar com seu irmão gêmeos, Dylan Sprouse.

As contas que acusaram Lili, KJ e Vanessa foram deletadas do Twitter.

Resposta de Cole Sprouse

Cole foi o primeiro do elenco a rebater as acusações e se defender no Twitter. Suas publicações foram posteriormente republicadas por Vanessa Morgan, que também foi acusada.

"Hoje mais cedo, eu e outros três companheiros de elenco fomos falsamente acusados de agressão sexual por contas anônimas no Twitter. Eu levo essas acusações com muita seriedade e trabalharei com os times certos para chegar à raiz delas", escreveu.

"Essa parece ser a última apelação de uma série de incidentes que tentam, sem embasamento, cancelar meus companheiros de elenco e eu", acusou.

Resposta de Lili Reinhart

Lili Reinhart endossou as alegações de Cole Sprouse e escreveu em seu Twitter que "sempre levou as acusações de assédio sexual muito a sério". "Mas ficou provado que essa conta foi criado especificamente para criar histórias falsas sobre mim e o meu elenco. Eu não posso pensar em algo mais distorcido do que mentir sobre assédio sexual", afirmou.

"Isso invalida homens e mulheres que são corajosos o suficiente para falar a verdade. Esse tipo de mentira pode arruinar vidas e carreiras — e eu posso dizer que isso é uma mentira porque a pessoa que fez as alegações já admitiu que as histórias foram fabricadas", continuou.

"Nós estamos pensando em tomar ações legais. Esse tipo de comportamento doentio fere apenas os sobreviventes verdadeiros. "Isso foi um gatilho inacreditável pra mim e assustador porque eu sempre apoiei as vítimas e acreditei nelas", concluiu.