PUBLICIDADE
Topo

Morre Ian Holm, astro de 'O Senhor dos Anéis' e 'Alien', aos 88

Ian Holms como Bilbo em "O Senhor dos Anéis" - Reprodução/IMDb
Ian Holms como Bilbo em 'O Senhor dos Anéis' Imagem: Reprodução/IMDb

Do UOL, em São Paulo

19/06/2020 08h54

O ator britânico Ian Holm, conhecido por viver Bilbo em "O Senhor dos Anéis" e Ash em "Alien: O Oitavo Passageiro", morreu hoje aos 88 anos. O agente do ator confirmou a notícia ao "The Guardian", citando complicações do Mal de Parkinson como causa da morte.

"Ele morreu pacificamente no hospital, com sua família e seu cuidador. Ian era charmoso, gentil e talentoso, e vamos sentir falta dele enormemente", escreveu o agente.

Holm nasceu em 12 de setembro de 1931, na cidade de Goodmayes. O filho de médicos escoceses foi indicado ao Oscar e venceu um BAFTA por seu papel em "Carruagens de Fogo" (1981), um dos filmes de esporte mais célebres do cinema.

O ator também ganhou um Tony, considerado o maior prêmio do teatro norte-americano, em 1967, pelo papel na peça "The Homecoming", de Harold Pinter.

Bilbo

A conexão de Holm com "O Senhor dos Anéis" é mais antiga do que a trilogia cinematográfica dirigida por Peter Jackson. Em 1981, quando a BBC produziu uma adaptação para o rádio da obra de J.R.R. Tolkien, ele foi o escolhido para dar voz a Frodo.

Vinte anos depois, ele virou o tio de Frodo, Bilbo Bolseiro, nos três filmes lançados entre 2001 e 2003 — o último, "O Retorno do Rei", venceu o prêmio de melhor elenco no SAG Awards.

Holm ainda reprisou o papel em dois filmes de "O Hobbit", trilogia prelúdio dirigida por Peter Jackson entre 2012 e 2014. Martin Freeman interpretou o jovem Bilbo nos longas.

Ash

No clássico "Alien: O Oitavo Passageiro" (1979), que deu o pontapé inicial à franquia espacial, Holm interpretou Ash, o chefe de ciência da nave Nostromo. Em uma das cenas mais memoráveis do filme, o personagem é revelado como um androide.

O monólogo entregue por ele após ser "reativado", com a cabeça biônica separada do corpo, é uma das imagens indeléveis do longa de Ridley Scott.

Ash só reapareceu no videogame "Alien: Isolation", de 2014, sendo que Holm mais uma vez emprestou sua voz para o androide.

Outros papéis

Em uma carreira que compreende mais de 130 títulos para cinema e TV, Holm apareceu em uma série de produções marcantes — do clássico da ficção científica "Brazil: O Filme" (1985) à animação "Ratatouille" (2007), na qual deu voz ao personagem Skinner.

Foi o Rei João em "Robin e Marian" (1976), em que Sean Connery viveu uma versão envelhecida de Robin Hood; o Cornelius de "O Quinto Elemento" (1997); e o Terry de "O Dia Depois de Amanhã" (2004).

Holm ainda apareceu em filmes como "Os Bandidos do Tempo" (1981), "Greystoke: A Lenda de Tarzan, o Rei da Selva" (1984), "Hamlet" (1990), "As Loucuras do Rei George" (1994) e "O Aviador" (2004).

Filmes e séries