PUBLICIDADE
Topo

'Psicose' completa 60 anos; filme traumatizou a protagonista até sua morte

Cena de Psicose - Reprodução
Cena de Psicose Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

16/06/2020 12h35Atualizada em 16/06/2020 15h26

Bastaram 45 segundos para mudar a vida de Janet Leigh. Esse foi o tempo que levou para Marion Crane ser esfaqueada no filme "Psicose". E, hoje, o longa de Alfred Hitchcock completa 60 anos.

Não foi apenas no cinema que a cena foi marcante. Ela mudou completamente a vida de Janet também. A cena fez com que a atriz recebesse cartas ameaçadoras até sua morte, em 2004.

O momento mais famoso da obra de Alfred Hitchcock provocou em Leigh uma mudança de visão no simples ato de tomar banho. A atriz falou sobre seus traumas à "Woman's World", em 1984.

Quando estou em um lugar onde só posso tomar banho, asseguro que as portas e janelas da casa estejam fechadas. Também deixo a porta do banheiro e a cortina aberta. Estou sempre olhando pela porta, assistindo, não importa onde esteja o chuveiro

Na mesma entrevista, a atriz também falou das ameaças que não pararam de persegui-la nos anos seguintes ao lançamento de "Psicose".

Recebi muitas cartas dizendo que fariam o mesmo que Norman Bates fez com Marion Crane. Agora não recebo tantos quantos no começo, mas devo dizer que foi bastante sério. Até o FBI teve que intervir. Felizmente, nada aconteceu

Depois de "Psicose", Janet Leigh nunca mais trabalhou com Alfred Hitchcock. A própria atriz explicou que não repetiu as produções com o diretor porque a morte repentina de Marion Crane intrigou o público e seria um erro "ressuscitá-la" em um novo filme.

Indicação a prêmios

Janet chegou a concorrer ao Oscar de melhor atriz coadjuvante em 1961. Ela ainda venceu a mesma categoria no Globo de Ouro do mesmo ano.

A obra também esteve na disputa do Oscar em melhor fotografia, melhor direção de arte e melhor direção.

Lucro

O filme Psicose teve um orçamento de aproximadamente US$ 800 mil e teve um retorno, até 2004, de cerca de US$ 50 milhões.

Inspiração para série

Até por essa grana toda, a história chegou a ganhar desdobramento. Foram duas tentativas com Bates Motel. A primeira, em 1987, mas a série nunca foi produzida.

A versão mais recente foi ao ar de 2013 a 2017. A série tem Normam Bates (Freddie Highmore) como personagem principal. A obra serve como um prólogo para o filme "Psicose".

Quem estava no filme além de Janet Leigh?

Anthony Perkins, Vera Miles, John Gavin, Martin Balsam, John McIntire, Simon Oakland, Vaughn Taylor, Frank Albertson, Lurene Tuttle, Pat Hitchcock, John Anderson e Mort Mills. O roteiro foi escrito por Joseph Stefano.

Ideia do filme

O longa foi inspirado no livro homônimo escrito por Robert Bloch, que se inspirou na história de Edward Gein.