PUBLICIDADE
Topo

A polícia faz os negros sentirem terror nos EUA, diz Natalie Portman

Natalie Portman no Oscar 2020 - Amy Sussman/Getty Images
Natalie Portman no Oscar 2020 Imagem: Amy Sussman/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

09/06/2020 10h13Atualizada em 09/06/2020 10h53

A atriz Natalie Portman usou suas redes sociais para falar sobre o privilégio branco e a violência policial contra negros nos Estados Unidos. "A polícia é a sexta principal causa de morte de homens negros neste país. A polícia os faz sentir terror", escreveu ela.

"Durante toda a minha vida, a polícia me fez sentir segura", contou ela. "Mas esse é exatamente o centro do meu privilégio branco", continuou.

"A polícia me faz como uma mulher branca se sentir segura, enquanto meus amigos negros, familiares e vizinhos sentem o contrário: a polícia os faz sentir terror", disse.

Natalie também usou o caso do segurança George Floyd como exemplo para defender que as reformas na polícia são suficientes no país.

Ela disse que a polícia de Minneapolis, onde Floyd morreu, é a mais progressista dos EUA e que inclusive recebe treinamento antirracista. Segundo ela, isso não impediu o estrangulamento do segurança no final do mês passado.

"Estes não são incidentes isolados. Eles são padrões e fazem parte do sistema de policiamento excessivo contra negros americanos", disse a atriz.

A atriz usou o discurso para dizer que mudou de opinião em relação ao corte nas verbas da polícia norte-americana, uma das demandas dos manifestantes naquele país.

"Quando ouvi pela primeira vez #defundthepolice (cortem o financiamento da polícia), tenho que admitir que minha primeira reação foi o medo", explicou Natalie, e agradeceu aos movimentos que a fizeram repensar sobre o assunto.

Ela concluiu dizendo que "o sistema que me faz sentir confortável está errado".

Além do texto, a atriz utilizou vídeos e imagens que explicam o significado do movimento para reduzir os gastos com a polícia entre outras medidas para combater o racismo e a segregação social no país:

Filmes e séries