PUBLICIDADE
Topo

Pearl Jam lança nova versão de 'Jeremy', com cena originalmente censurada

Do UOL, em São Paulo

06/06/2020 08h21

O Pearl Jam liberou na noite de ontem uma nova versão do clipe de um de seus maiores hits, "Jeremy". O vídeo original já era chocante, mostrando um garoto que sofre bullying na escola e acaba se matando, mas a nova versão traz trechos que originalmente foram censurados pelas emissoras de TV.

No clímax novo vídeo, vemos Jeremy (interpretado por Trevor Wilson) sacando uma arma e colocando-a na própria boca. Originalmente, o clipe mostrava apenas closes do rosto do protagonista e de seus colegas de classe, manchados de sangue.

O hit do Pearl Jam foi inspirado pela história real de Jeremy Wade Delle, que cometeu suicídio na frente de seus colegas durante uma aula de inglês na Richardson High School, em Richardson (EUA).

Dia de combate à violência armada

A nova versão de "Jeremy" foi lançada pelo Pearl Jam como uma ação para o dia do combate à violência armada, que ocorreu ontem nos EUA. No Twitter, a banda lamentou que, desde o lançamento do single, a violência armada aumentou "em níveis assustadores" pelo país.

O Pearl Jam também lançou uma versão nova de suas camisetas promocionais com a capa do single. A frase nas costas do modelo de camiseta diz: "10 entre 10 crianças preferem giz a armas".

Todos os lucros das vendas da camiseta irão para organizações que ajudam a combater a violência armada nos EUA.