PUBLICIDADE
Topo

George Floyd: ouça as músicas que ele gravou quando integrava grupo de rap

George Floyd - Reprodução
George Floyd Imagem: Reprodução

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

06/06/2020 04h00

George Floyd, o homem negro morto por um policial branco em Minneápolis, era motorista de caminhão e segurança, mas também tinha uma história interessante na música. Sua morte desencadeou uma onda de protestos contra o racismo nos Estados Unidos. Nos anos 1990, quando vivia em Houston (Texas), ele participou da cena hip-hop e integrou um coletivo famoso, o Screwed Up Click.

Formado em 1990 pelo DJ Screw (1971-2000), o grupo é um dos maiores expoentes do rap de Houston. Tem três discos lançados e contou com dezenas de rappers, como Big Hawk, Big Moe, Big Pokey e Trae tha Truth. Também é considerado fundador do "chopped and screwed", gênero de assinatura de Screw que traz samplers e vocais desacelerados, com sonoridade low-fi.

Segundo a ex-companheira de Floyd, Roxie Washington, ele recebeu uma bolsa para jogar basquete na Universidade Estadual da Flórida, mas retornou a Houston sem concluir os estudos. Foi nesse época que se juntou ao Click Screwed Up. Em sua versão rapper, assumia a alcunha de "Big Floyd" (tinha mais de 1,90 de altura) e participava de várias mixtapes de Screw.

Ficou curioso e quer ouvi-lo?

Ele está na faixa 'Sittin´ on Top of the World', lançada na mixtape 'Chapter 324 Dusk 2 Dawn' (1996), que vem circulando na internet

Ele aparece na terceira parte da música, quando soletra o próprio nome

B-I-G, é F-L-O-Y-D
Me observe levantar do meu conversível
Saltitando pela rua, observe que apenas vou
Demonstrando juventude e deixando o dinheiro rolar solto

Em mais uma parceria, Floyd ainda participa da jam 'Tired Of Ballin' Freestyle', entrando a partir de 14:12, logo após ser apresentado pelo DJ Screw: 'Come on, Big Floyd'

Após a repercussão da morte dele em Minneapolis, um usuário até isolou a voz na faixa e postou no YouTube

Outro registro de Floyd disponível na internet é um freestyle baseado na faixa 'Sugar Hill', do AZ. A faixa é assinada em parceria com Daryl

Fora do Screwed Up Click, ele também teve uma breve passagem pelo grupo Presidential Playas, que lançou o álbum 'Block Party' (2000)

Mais recentemente, George Floyd também surgiu de figurante, vestindo boné e um moletom vermelho com mangas pretas, do clipe de 'F**k You Too' (2016), do rapper Scarface

Tributo na cena

Além ter recebido homenagens em vários setores da sociedade americana e ter ganhando funeral com honras de chefe de estado, George Floyd também foi honrado por ex-colegas de coletivo e outros rappers de Houston, que usaram as redes sociais para condenar a brutalidade policial e o racismo.

Descanse em paz, Big Floyd. Que Deus traga justiça à sua família
Lil' Keke, membro original do Screwed Up Click

Diga o nome dele, #GeorgeFloyd. Fique tranquilo. A luta por nós começa agora
Trae The Truth, também integrante do Screwed Up Click

Esse não era meu amigo, esse era meu irmão mais velho
Cal Wayne, rapper de Houston

O rapper Jay-Z foi ainda mais longe, comprando anúncios em vários jornais americanos para celebrar a memória de Floyd e citar um discurso proferido por Martin Luther King em 1965 no Alabama.

No fundo do nosso credo não violento está a convicção de que existem coisas tão queridas, preciosas, tão eternamente verdadeiras e pelas quais vale a pena morrer. Vamos permanecer no meio de tudo o que eles puderem reunir, deixando o mundo saber que estamos determinados a ser livres.
Martin Luther King, em homenagem de Jay-Z

In dedication to George Floyd. #BlackLivesMatter #JusticeforGeorgeFloyd

Uma publicação compartilhada por Team Roc (@teamroc) em