PUBLICIDADE
Topo

Música

Amigos relatam choque com morte de Fabiana Anastácio: 'Muito rápido'

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

05/06/2020 04h00

Emoção e choque marcaram os amigos e fiéis de Fabiana Anastácio, a cantora gospel que morreu ontem, aos 45 anos, de covid-19. Depois de ficar internada por cerca de duas semanas, ela não resistiu.

Alguns dias antes, Fabiana, que também era pastora da Igreja Assembleia de Deus em Santo André, na Grande São Paulo, junto ao marido, o pastor Ruben Nascimento, realizou uma live. Foi como uma despedida, já que pouco tempo depois ela foi internada.

A reportagem do UOL conversou com pessoas que conviveram com Fabiana, lembrada pelo talento como cantora, pelo lado conselheira e pela risada que lhe era característica. Rafhaella Gonçalves é frequentadora da igreja onde Fabiana era pastora havia seis anos. As duas compartilhavam ideias sobre projetos, e Fabiana, inclusive, foi uma das convidadas de seu casamento.

Fabiana Anastácio (à direita) no casamento de Rafhaella Gonçalves - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Fabiana Anastácio (à direita) no casamento de Rafhaella Gonçalves
Imagem: Arquivo pessoal

A gente não consegue pensar que algo assim pode acontecer tão rápido com pessoas tão próximas. Pessoas que a gente ama. É difícil demais! É um choque. Alguém que você ama se contaminar com um vírus, ser internado e depois de uns dias não estar mais ali. Parece que não é verdade.

Os conselhos que recebeu, agora, são parte das boas lembranças: "Ela e o marido, o pastor Rubem, eram como nossos pais. Eles nos aconselhavam e nos pastoreavam com muito amor. Tudo o que a Fabi fazia era com muita alegria. Ela tinha uma risada marcante".

Diego Silva ao lado da amiga e pastora Fabiana Anastácio - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Diego Silva ao lado da amiga e pastora Fabiana Anastácio
Imagem: Arquivo pessoal
Diego Silva conta que também se sentia como um filho de Fabiana. Ele apoiava, assim como outros membros da igreja, a vaquinha on-line que foi realizada para ajudar no tratamento da pastora.

"Ela estava internada primeiramente em um hospital particular. Como todos nós sabemos, tratamento de saúde da iniciativa privada no Brasil é muito caro. Então, a vaquinha fez sentido, já que muitas pessoas admiravam a Fabiana devido ao seu ministério. Era uma possibilidade de ajudarmos de alguma forma."

Cortejo sem velório

Muitos dos amigos de Fabiana Anastácio não conseguiram se despedir como gostariam. Em razão das medidas de segurança pela pandemia do novo coronavírus, o enterro foi realizado sem velório. Os mais próximos relatam que um cortejo, com a recomendação de afastamento entre as pessoas, foi realizado com a presença de familiares no Cemitério Paulicéia, em São Bernardo do Campo.

Lucimar Alfredo de Carvalho acompanhou o momento do enterro, reservado aos familiares, à distância. Ela define as últimas despedidas como emocionante:

O cortejo foi muito triste e ao mesmo tempo muito emotivo. Teve música e uma das pastoras começou a cantar 'Adorarei' [música de Fabiana Anastácio]. A gente até brincava, 'o que você vai cantar, Fabiana?' 'Adorarei!'. Ela foi sepultada embaixo de uma roseira, a coisa mais linda! Jesus preparou para ela aquele lugar. Fabiana é Fabiana. É diferente de todas. Amigas, mentora, pastora, companheira, profeta, cantora, mãe, esposa.

Assista ao clipe de "Adorarei", de Fabiana Anastácio:

Apesar da estima pela pastora, Diego optou por não comparecer no enterro:

Somos humanos, sentimos por não ter essa possibilidade de nos despedir dela. Porém, nós, cristãos, sabemos que ela retornou ao lar. E o lugar em que ela está agora é bem melhor do que aqui. Estamos tristes, mas sabemos que um dia, cedo ou tarde, voltaremos a nos encontrar.

Marido teve sintomas de covid-19

O pastor Ruben Nascimento, marido de Fabiana Anastácio, segundo dizem pessoas próximas, também apresentou sintomas de covid-19. Ele ficou internado somente por alguns dias, mas já teve alta e passa bem.

De acordo com os relatos, ele teria sentido falta de ar, dores no corpo, dor de cabeça e febre. Fabiana deixa o marido e três filhos.

Música