PUBLICIDADE
Topo

Elza Soares revela hábito de tomar sol nua na quarentena: 'Uma delícia'

Elza Soares - Reprodução
Elza Soares Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

24/05/2020 13h27

Quando está em casa na quarentena, relaxando e recarregando as energias, a cantora Elza Soares, 89 anos, tem um hábito recorrente: tomar banho de sol completamente nua na sala de casa. Como vive em um apartamento de frente para o mar em Copacabana, olhares indiscretos vindos de vizinhos não são um problema.

"Eu acordo pela manhã e vou até a sala, onde tomo banho de sol, nua, sem roupa alguma. Fico assim por um tempo. Uma delícia", disse a cantora em entrevista à revista Veja, entregando também outro hábito constante durante o período de isolamento social: ver TV. "Não desliga nunca."

A artista, que completa 90 anos no próximo dia 23 de junho, afirmou ainda que uma das partes mais difíceis dos últimos dois meses está sendo ficar longe de amigos, família e fãs. Ela não tem o costume de receber visitas durante o isolamento social por causa do novo coronavírus.

Segundo Elza, as únicas pessoas com quem têm mantido contato são suas três secretárias, que se revezam, e a neta Vanessa, a quem chama de "xodó". "Sinto falta de contato com as pessoas, mas jamais sairia", ressaltou ela, defensora do isolamento social.

Live e 'festa'

Na próxima quarta (27), ela matará um pouco da saudade dos fãs fazendo sua primeira live, cujo repertório deve focar seus últimos dois trabalhos de estúdio, os elogiados —e engajados— "Deus É Mulher" e "Planeta Fome".

E, para o período pós-pandemia, ela já faz planos. "Quando tudo isto passar, vai ser uma grande festa. Quero estar junto dos meus fãs e fazer muitas coisas."

Tempo para refletir

Quando completou um mês de quarentena, em abril, Elza, que está no grupo considerado de risco, publicou no Instagram um texto afirmando que "não é fácil suingar" com a solidão e que o período evoca reflexões.

"Não é mole sambar com a incerteza. Não é agradável fazer dueto com a preocupação por tantas vidas vulneráveis aí fora. O que somos nós, no fim das contas? Nós somos o agora, o tempo presente e eu aprendi isso muito antes das reflexões de quarentena."

Entretenimento