PUBLICIDADE
Topo

Eduardo Costa, sobre live polêmica: 'Falei menos besteira que em shows'

Eduardo Costa durante a "Live do Cabaré", ao lado do cantor Leonardo - Reprodução/Youtube
Eduardo Costa durante a "Live do Cabaré", ao lado do cantor Leonardo Imagem: Reprodução/Youtube

Colaboração para o UOL

19/05/2020 17h54

Eduardo Costa conversou ontem com Márcia Goldschmidt sobre a polêmica que causou ao dizer, em live no começo do mês, que faria sexo pensando em um bebê. À apresentadora, ele disse que não fará mais shows em 2020 e minimizou os comentários controversos.

O músico diz que o show Cabaré, ao lado do colega Leonardo, tem de ter "besteira". No entanto, afirma ele, estava preocupado com as restrições do Conar — órgão que regula a publicidade no País — aos palavrões e à bebida. "A gente foi muito cobrado, todo mundo [dizia] 'se você não falar palavrão e besteira, o Cabaré vai perder a graça, porque a gente está ouvindo o Cabaré para ouvir besteira. Se quiser ouvir música, ouve em casa".

Eduardo diz que "tomou umas para se soltar" e acabou "falando muita besteira". "Faz parte do trabalho. Tomei umas até para poder ficar à vontade porque estava com medo de não falar [besteiras]. E surgiram muitas críticas".

Ele lamenta que as doações arrecadadas com o show online ficaram em segundo plano e minimizou seu comportamento na apresentação. "[Arrecadamos] 500 mil quilos de alimento, álcool gel, máscaras. (...) No entanto, as coisas ficaram só na fofoca. Ninguém disse nada sobre as doações".

Questionado se as "besteiras" que disse no show tiveram relação com a bebida, ele negou e se defendeu: "Falei muito menos besteira do que falaria em outros shows". Sobre o motivo da repercussão de suas falas, avaliou: "Foi a maior live do mundo, então é o maior problema do mundo".

Ele anunciou ainda que não fará shows em 2020. "Esse ano, mesmo que liberar para shows, não vou fazer. Decidi tirar um tempo para mim, para cuidar de mim e mostrar para as pessoas um Eduardo Costa artista, tocador: que toca piano, que toca violão, que toca saxofone", disse. Ele contou, ainda, que planeja fazer uma série documental em que mostrará a produção de suas músicas em casa.

Polêmicas

Na live do show "Cabaré", Eduardo Costa disse que faria sexo pensando no filho da cantora Thaeme, para que a criança nascesse bonita. Ele pediu desculpas pouco depois: "Se a Thaeme estiver me vendo, por favor, você me perdoa", disse em vídeo, às lágrimas.

Entre outras frases machistas na apresentação, Eduardo disse, em tom de piada, que mulheres e galinhas "são parecidas" porque "a galinha bota o ovo e a mulher frita ele para nós [os homens]".

Em outra pausa, Costa lamentou estar solteiro, disse que está "mais abandonado que filho de p* em Dia dos Pais" e que se sente uma prostituta porque é usado pelas mulheres. Ele afirmou: "Eu não dou sorte, eu sou homem bom, para casar, ter filhos. As mulheres não acreditam em mim, eu me sinto uma prostituta. Quer usar? Usa, mas usa todos os dias".

Música